sicnot

Perfil

País

Palácio em Lisboa vendido à Fundação Aga Khan por 12 milhões

O Palácio Henrique Mendonça/Casa Ventura Terra, em Lisboa, vai ser vendido pelo Estado à Fundação Aga Khan por 12 milhões de euros, de acordo com uma resolução do Conselho de Ministros hoje publicada em Diário da República.

Nova SBE

O edifício, situado na Rua Marquês de Fronteira e onde está instalada parte da Faculdade de Economia da Universidade de Lisboa, irá ser a sede da Fundação Aga Khan em Portugal.

De acordo com a resolução, o dinheiro resultante da venda irá reverter "na sua totalidade" para aquela instituição de ensino superior e "deve ser integralmente destinado a despesas de investimento no património próprio da Universidade, para reforço das instalações".

O Palácio Henrique Mendonça, distinguido com o Prémio Valmor e Arquitetura, foi classificado como Imóvel de Interesse Público em 1982.

Por se tratar de um edifício de interesse público, o Estado e a Câmara de Lisboa "gozam do direito de preferência na sua alienação". No entanto, o município "declarou que não o pretende exercer".

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.