sicnot

Perfil

País

Risco elevado de cheias no Tejo em Santarém

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém informou na segunda-feira à noite que a probabilidade de haver cheias no Tejo é elevada, mas até ao momento o rio mantém-se dentro do seu leito normal.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

Manuel Almeida

"A probabilidade de termos cheias é elevada, mas até ao momento o rio mantém-se dentro do seu leito normal, disse à agência Lusa o comandante do CDOS de Santarém, Mário Silvestre.

Em comunicado, também divulgado ao final da noite, o CDOS de Santarém sublinha que a jusante de Almourol "ainda se vai continuar a sentir a subida dos níveis das águas, refletindo o pico das descargas" das barragens espanholas e portuguesas.

O CDOS de Santarém aconselha a população das zonas ribeirinhas a retirarem equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e outros bens das zonas normalmente inundáveis, bem como a colocação dos animais em locais seguros.

À população é também aconselhado para não atravessar com viaturas ou a pé zonas alagadas.

Lusa

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.