sicnot

Perfil

País

Pai condenado a 25 anos de prisão por ter morto bebé de 6 meses

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança de seis meses encontrada morta agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O homem estava acusado de esfaquear mortalmente o filho de seis meses a 8 de abril de 2015, em Linda-a-Velha, Oeiras.

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O arguido está em prisão preventiva ao abrigo deste processo no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Estava acusado de homicídio qualificado, explosão e incêndio, profanação de cadáver e homicídio, todos estes crimes na forma tentada, além de um crime de tráfico de droga.

Para o Tribunal, foram dados como provados todos os crimes pelos quais respondia, à exceção do de tráfico de droga.

O Ministério Público pediu uma pena de prisão não inferior a 20 anos e o advogado da assistente, mãe do bebé, a pena máxima.

A defesa do arguido reclamou a sua inocência e já comunicou hoje que vai recorrer da decisão.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.