sicnot

Perfil

País

Pai condenado a 25 anos de prisão por ter morto bebé de 6 meses

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança de seis meses encontrada morta agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O homem estava acusado de esfaquear mortalmente o filho de seis meses a 8 de abril de 2015, em Linda-a-Velha, Oeiras.

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O arguido está em prisão preventiva ao abrigo deste processo no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Estava acusado de homicídio qualificado, explosão e incêndio, profanação de cadáver e homicídio, todos estes crimes na forma tentada, além de um crime de tráfico de droga.

Para o Tribunal, foram dados como provados todos os crimes pelos quais respondia, à exceção do de tráfico de droga.

O Ministério Público pediu uma pena de prisão não inferior a 20 anos e o advogado da assistente, mãe do bebé, a pena máxima.

A defesa do arguido reclamou a sua inocência e já comunicou hoje que vai recorrer da decisão.

  • Dez milhões para offshores provocam picardia entre Costa e Passos
    0:36

    Economia

    O primeiro-ministro disse esta quarta-feira que é "escandaloso" que um Governo que foi tão implacável com as famílias em impostos e multas, tenha tido depois "tranquilidade" em relação a dez mil milhões de euros que fugiram do país para offshores. Pedro Passos Coelho não gostou e deu resposta, mesmo já sem tempo para outra intervenção.

  • Alemanha aprova projeto-lei que permite aceder a telemóveis de migrantes
    1:52
  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.