sicnot

Perfil

País

Pai condenado a 25 anos de prisão por ter morto bebé de 6 meses

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança de seis meses encontrada morta agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O homem estava acusado de esfaquear mortalmente o filho de seis meses a 8 de abril de 2015, em Linda-a-Velha, Oeiras.

O Tribunal de Cascais deu como provado que o pai da criança agiu por vingança contra a companheira que queria por fim à relação.

O arguido está em prisão preventiva ao abrigo deste processo no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Estava acusado de homicídio qualificado, explosão e incêndio, profanação de cadáver e homicídio, todos estes crimes na forma tentada, além de um crime de tráfico de droga.

Para o Tribunal, foram dados como provados todos os crimes pelos quais respondia, à exceção do de tráfico de droga.

O Ministério Público pediu uma pena de prisão não inferior a 20 anos e o advogado da assistente, mãe do bebé, a pena máxima.

A defesa do arguido reclamou a sua inocência e já comunicou hoje que vai recorrer da decisão.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.