sicnot

Perfil

País

Petição dos médicos que contesta redução do horário de trabalho reúne mais de 15 mil assinaturas

Uma petição da Ordem dos Médicos a reclamar a redução do horário de trabalho para acompanhamento dos filhos até aos três anos já conta com mais de 15 mil assinaturas.

Regis Duvignau / Reuters

A petição pede a redução de duas horas para um dos pais até cada filho completar três anos, mesmo que já não esteja a ser amamentado, tem menos de um mês.

Os principais argumentos para a petição são a mulher poder amamentar a criança sem necessiade de ter que fazer prova depois da criança fazer um ano, além de respeitar o desenvolvimento emocional dos bebés, bem como a convicção de que a relação precoce com os cuidadores "é absolutamente determinante para a construção da personalidade".