sicnot

Perfil

País

Condutores portugueses não respeitam stop

A Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) concluiu que, em média, um em cada seis condutores não respeita o sinal stop e força a entrada numa via onde estão outros veículos a circular, revelou hoje a organização.

© Lucy Nicholson / Reuters

As conclusões da PRP surgem após ter analisado dois cenários distintos de condutores perante o sinal stop: os que se aproximam do sinal e não têm carros a circular na via onde pretendem entrar e os que se deparam com veículos em circulação.

No caso da aproximação a um sinal stop onde não eram visíveis veículos a circularem na via, a PRP constatou que 15 por cento dos 1.181 condutores respeitaram o código da estrada e os restantes automobilistas apenas abrandaram, comportando-se como se estivessem na presença de um sinal de cedência de passagem.

Em situações em que se depararam com veículos em circulação na via onde pretendiam entrar, dos 672 veículos observados, cerca de 120 condutores não cederam a passagem e forçaram a entrada na via, obrigando veículos com prioridade a alterar a sua marcha, reduzir a velocidade ou até mesmo parar, adianta a PRP.

O presidente da PRP, José Miguel Trigoso, considera estes comportamentos "muito graves" e diz que mostram que os portugueses "desrespeitam um dos sinais mais importantes do código da estrada", sendo necessário "reeducar os condutores no sentido de evitar graves acidentes que podem ser causados por esta infração".

Citando dados da PSP, a RPP refere que, em 2015, aquela força de segurança multou 3.141 condutores por infração à paragem obrigatória.

Lusa

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55
  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    Luís Montenegro garante que nunca será candidato à presidência do PSD contra o Passos Coelho. Convidado da Quadratura do Círculo, na SIC Notícias, o líder da bancada dos sociais-democratas acha mesmo que é um exagero dizer-se que Pedro Passos Coelho está politicamente morto.