sicnot

Perfil

País

"Guerra política" provocada pelo corte no financiamento de escolas privadas

"Guerra política" provocada pelo corte no financiamento de escolas privadas

Passos Coelho acusou o ministro da Educação de estar a tomar decisões sobre os contratos de associação influenciado pelos partidos de esquerda que sustentam o Governo. O líder do PSD falou de interesses que estão na base desta decisão. Mário Nogueira, o secretário-geral da Fenprof diz que se sente insultado e admite avançar com uma queixa para os tribunais contra Passos Coelho. A Federação Nacional de professores defende que, por detrás da polémica, há interesses financeiros.

  • Fenprof diz que polémica dos contratos de associação envolvem interesses financeiros
    1:42

    País

    Mário Nogueira, o secretário-geral da Fenprof partiu para o ataque. Na resposta a Passos Coelho, diz que está a ser alvo de insultos e admite avançar com uma queixa para os tribunais. A Federação Nacional de professores defende que, por detrás da polémica, há interesses financeiros. Fenprof lançou uma petição para rejeitar o duplo financiamento da Educação e defende a criação do Dia da Escola Pública.

  • Governo pede explicações a Passos sobre as acusações ao ministro da Educação
    2:59

    País

    O Governo volta a exigir ao líder do PSD que dê explicações sobre o que quis dizer sobre os interesses do ministro da Educação. Este sábado Pedro Passos Coelho insinuou que Tiago Brandão Rodrigues se move por interesses, na revisão dos contratos entre o Estado e os colégios privados. Fonte da direção do PSD disse à SIC que quem define a política de Educação é Mário Nogueira, da FENPROF.

  • Passos insinua que ministro da Educação se move por interesses
    2:29

    País

    O Governo veio exigir que Pedro Passos Coelho concretize as acusações contra o Ministro da Educação. Ontem, o lider do PSD insinuou que Brandão Rodrigues se move por interesses, na revisão dos contratos entre o Estado e os colégios privados. A polémica vai continuar nos próximos dias. Um movimento de colégios privados vai entregar quase 100 mil cartas ao Primeiro-Ministro e ao Presidente da República.

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Hotel inovador na Madeira
    2:23

    Economia

    O grupo Pestana está a construir no Funchal, um novo e único hotel, através de uma técnica inovadora que quase não utiliza cimento. Este vai ser o primeiro hotel do mundo construído com um sistema modular desenvolvido em Portugal. O hotel vai ter 77 quartos e vai ficar construído em apenas seis meses. O maior grupo hoteleiro português admite recorrer a este novo sistema em futuros hotéis.

  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.