sicnot

Perfil

País

Marcelo Rebelo de Sousa pede consenso na Educação

Marcelo Rebelo de Sousa pede consenso na Educação

O Presidente da República participou hoje numa conferência de Agricultura mas aproveitou para apelar ao consenso na Educação. Marcelo Rebelo de Sousa dedicou parte do dia ao voluntariado e deixou ainda uma crítica a Catarina Martins que diz que não é bom haver trabalho voluntário.

  • Instituições de educação privadas acusam Governo de quebrar acordo
    6:49

    País

    O Diretor da Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo, Rodrigo Queiroz e Melo esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar dos cortes que o governo fez aos colégios privados. As instituições privadas falam em quebra de acordo da parte do executivo e admitem avançar para tribunal.

  • Colégios protestam nas "Quartas-feiras Amarelas"
    0:48

    País

    As 79 escolas privadas com contrato de associação vão protestar todas as quartas-feiras, até ao fim do ano lectivo, contra o fim do financiamento público. Nas chamadas "Quartas-feiras Amarelas", os edifícios vão estar com bandeiras e faixas amarelas, enquanto alunos, professores e outros funcionários vão estar vestidos da mesma cor. O Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas é um dos que aderiu à iniciativa. A directora adjunta da instituição, Filipa Vieira, diz que a proposta do Governo põe em causa a liberdade de escolha e até a continuidade do próprio colégio.

  • Protestos regressam aos colégios com contrato de associação
    2:41

    País

    Os protestos regressaram, esta manhã, às 79 escolas com contrato de associação. Os edifícios estão com bandeiras e faixas amarelas, enquanto alunos, professores e funcionários usam peças de vestuário da mesma cor. A iniciativa "Quartas-feiras Amarelas" vai decorrer até ao final do ano letivo, em luta contra o fim do financiamento público.

  • António Costa garante que o governo vai cumprir todos os contratos de associação em vigor com colégios privados
    4:17

    País

    Sobre a polémica dos contratos de associação entre o Estado e os colégios privados e as dúvidas levantadas pelo Presidente da República sobre a matéria, o primeiro-ministro garante que os contratos existentes vão ser executados até ao final. António Costa disse ainda que estas instituições representam apenas 3% dos colégios privados e que será afeita uma avaliação caso a caso. Segundo o primeiro-ministro, no próximo ano vão mesmo existir mais turmas apoiadas por estes contratos.

  • Veio para Portugal para estar mais perto da natureza mas o fogo levou-lhe tudo
    4:59
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão