sicnot

Perfil

País

Saída de Paulo Portas do Parlamento "está por dias"

O ex-presidente do CDS-PP Paulo Portas disse hoje à Lusa que a sua saída da Assembleia da República "está por dias", de acordo com o que combinou com a atual líder centrista, Assunção Cristas.

ESTELA SILVA

"Está por dias. Tenho isso tudo combinado com a senhora presidente [do partido]", disse Paulo Portas à agência Lusa, sem querer concretizar qual o dia em que deixará o parlamento.

Com a saída de Paulo Portas, entra para o grupo parlamentar centrista Filipe Anacoreta, que já havia assumido o mandato no início da legislatura quando Paulo Portas esteve no Governo de Pedro Passos Coelho que foi derrubado pela maioria de esquerda na Assembleia da República.

Filipe Anacoreta Correia, advogado, líder da tendência Alternativa e Responsabilidade (AR), foi crítico de Paulo Portas, e com a presidência de Assunção Cristas passou a integrar a comissão executiva, o órgão de direção mais restrito.

Assunção Cristas sucedeu a Paulo Portas na liderança do CDS-PP no Congresso de Gondomar, em março.

Paulo Portas liderava os centristas desde o Congresso de Braga, em 1998, apenas com um interregno de dois anos, durante a presidência de José Ribeiro e Castro (2005-2007).

Lusa

  • Portas assume vice-presidência da Câmara do Comércio
    2:03

    Economia

    Paulo Portas assumiu hoje o cargo de vice-presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Portugal e admitiu que não ficará por este novo cargo. Na instituição, Portas irá desempenhar a função de promover empresas portuguesas no mercado internacional.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira