sicnot

Perfil

País

Treze distritos sob aviso amarelo devido à chuva forte

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou hoje de nove para 13 os distritos sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, pontualmente forte e acompanhada por trovoadas.

© Nacho Doce / Reuters

De acordo com o IPMA, estão hoje sob aviso amarelo os distritos de Leiria, Santarém, Lisboa, Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Évora, Beja, Faro, Coimbra, Aveiro, Viseu e Guarda.

O aviso amarelo, que foi emitido devido à previsão de chuva pontualmente forte e acompanhada de trovoadas, vai estar em vigor entre as 12:00 e as 18:00 de hoje.

Segundo o instituto, o aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

De acordo com o instituto, a chuva deverá manter-se até quinta-feira, altura em que a probabilidade de precipitação começa a diminuir.

O IPMA prevê para hoje no continente céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela a partir da tarde, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser localmente fortes e acompanhados de trovoada, em especial nas regiões centro e sul até ao final da tarde, e que serão de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao princípio da tarde e para o final do dia.

A previsão aponta também para vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando moderado a forte, com rajadas até 70 quilómetros por hora no litoral, em especial a sul do Cabo Espichel, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde.

Nas terras altas, o vento deverá soprar moderado a forte do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora, em especial nas regiões do centro e sul, tornando-se do quadrante oeste a partir da tarde.

Na Madeira, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, aguaceiros, que poderão ser por vezes intensos até ao início da manhã, tornando-se fracos e poucos frequentes, vento moderado a forte quadrante oeste, com rajadas até 70 quilómetros por hora, soprando forte com rajadas até 90 quilómetros por hora nas zonas montanhosas, tornando-se moderado a partir da tarde.

Está ainda prevista uma pequena subida de temperatura.

Nos Açores prevê-se períodos de céu muito nublado, com abertas, aguaceiros fracos na madrugada e manhã e vento bonançoso a moderado.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 11 e 17 graus Celsius, no Porto entre 10 e 16, em Vila Real entre 05 e 15, em Viseu entre 05 e 13, na Guarda entre 05 e 09, em Bragança entre 05 e 14, em Coimbra entre 10 e 17, em Castelo Branco entre 07 e 14, em Santarém entre 10 e 18, em Évora entre 09 e 16, em Beja entre 10 e 16, em Faro entre 14 e 18, no Funchal entre 16 e 21, em Ponta Delgada entre 13 e 18 e na Horta e Santa Cruz das Flores entre 13 e 17.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:26

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela a partir da tarde, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser localmente fortes e acompanhados de trovoada, em especial nas regiões centro e sul até ao final da tarde, e que serão de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao final da manhã e para o final do dia.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Fim de semana de muito frio e vento forte
    2:08

    País

    Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, vem aí mais frio e as temperaturas mínimas negativas vão regressar a alguns pontos do país. Prevê-se também vento intenso para as próximas 48 horas.

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC