sicnot

Perfil

País

Chuva vai continuar até ao fim de semana

A chuva vai continuar a afetar o território do continente até domingo, altura em que se prevê uma subida da temperatura máxima entre 7 a 10 graus Celsius em algumas regiões, adiantou a meteorologista Ângela Lourenço.

© Rafael Marchante / Reuters

Em declarações à agência Lusa, a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) disse que o território do continente vai continuar com ocorrência de precipitação, sendo que hoje ainda pode ser forte, em especial nas regiões centro e sul e em especial até ao final da tarde.

"As trovoadas também vão aparecer hoje, aliás, já estão a ocorrer em algumas regiões do sul e sobre o mar perto da região de Lisboa. Esta situação de instabilidade vai continuar ao longo do dia", disse.

De acordo com Ângela Lourenço, espera-se que, a partir da tarde, exista uma diminuição da intensidade e da frequência da precipitação.

"Hoje parece ser o dia em que a neve é mais provável nos pontos mais altos da Serra da estrela", adiantou.

No que diz respeito a sexta-feira, a meteorologista do IPMA destacou que está prevista a continuação de ocorrência de chuva ou aguaceiros, mas mais fracos.

"Amanhã [sexta-feira] espera-se que os aguaceiros sejam fracos a moderados, vamos ter também vento a soprar de noroeste um pouco mais tenso nas terras altas e pequena subida da temperatura máxima no sul e região centro", salientou.

Quanto ao fim de semana, a especialista realçou que vai ser "melhor, mas ainda com precipitação".

"O fim de semana vai ser de melhoria gradual ainda com algumas nuvens e a precipitação, apesar de ser cada vez mais fraca, ainda pode surgir, mais no sábado do que no domingo. Relativamente às temperaturas até sábado, vão subir ligeiramente", disse.

Segundo Ângela Lourenço, as temperaturas máximas "vão subir mais significativamente no domingo", entre 07 a 10 graus Celsius em algumas regiões do país.

"A subida mais significativa será no domingo. Estamos a prever neste dia na região sul e Alentejo temperaturas máximas da ordem dos 24/25 graus", disse a especialista, acrescentando que as mínimas vão manter-se entre 12 e 14 graus no sul e litoral e entre os 07 e os 09 nas regiões do interior norte e centro.

Quanto ao início da próxima semana, a previsão do IPMA aponta para tempo seco, sem precipitação.

"Para segunda e terça-feira tudo aponta para que seja tempo seco sem precipitação, mas em meados da próxima semana há uma tendência para que a precipitação regressar, mas com um grau de incerteza ainda muito elevado", disse.

Ângela Lourenço sublinhou ainda que a tendência de subida da temperatura máxima vai manter-se no início da próxima semana, prevendo-se dias "quentes, mais parecidos com a primavera e verão".

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:26

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, chuva ou aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes nas regiões centro e sul até ao final da tarde, e que serão de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao final da manhã, e condições favoráveis à ocorrência de trovoada e queda de granizo.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.