sicnot

Perfil

País

Homem que entrou armado no aeroporto de Lisboa condenado a 4 anos e meio de prisão

Gima Calunga, o holandês de origem angolana que entrou armado no aeroporto de Lisboa, em julho de 2014, foi hoje condenado a 4 anos e 6 meses de prisão efetiva. Foi ilibado do crime de terrorismo.

Arquivo SIC

Calunga foi considerado culpado por atentado à segurança de transporte por ar e detenção de arma priobida.

O homem acabou por ser absolvido do crime de adesão e apoio a grupos extremistas.

Em julho de 2014, Gima Calunga entrou com uma faca numa área reservada do aeroporto de Lisboa.

O julgamento sofreu vários adiamentos, o último dos quais se deveu ao facto de o seu advogado de defesa ter solicitado ao tribunal a lista dos 22.000 membros de origem europeia do Daesh divulgada pela televisão Sky News, em março. Para o advogado, era "pertinente" saber se o nome do seu constituinte constava da Lista.

Ao longo do julgamento, o coletivo indeferiu um pedido de Bruno Gomes para que o arguido fosse submetido a novos testes de avaliação psicológica e psiquiátrica.

Com Lusa

  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Marcelo não vai enviar recados ao Governo no discurso do 25 de Abril
    0:22

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa garante que não vai aproveitar o discurso do 25 de Abril para enviar recados ao Governo ou aos atores políticos. Em declarações à SIC, à margem da iniciativa "Escritores no Palácio de Belém", o Presidente da República explicou o que não vai dizer na intervenção de amanhã, na Assembleia da República.

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.