sicnot

Perfil

País

Mais de seis quilos de haxixe apreendidos em Portalegre

Mais de seis quilos de haxixe foram apreendidos pela Polícia de Portalegre, numa operação em que deteve quatro pessoas por suspeita de tráfico de droga, anunciou hoje o Comando Distrital da PSP.

Na operação, realizada ao final da tarde de quinta-feira e que envolveu várias buscas domiciliárias, foram também apreendidos outros produtos estupefacientes, veículos automóveis, computadores, telemóveis e dinheiro, indica um comunicado da PSP de Portalegre.

Os quatro suspeitos da prática do crime de tráfico droga, com idades entre os 22 e 34 anos, são hoje à tarde sujeitos a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação, adiantou à agência Lusa fonte policial.

Na mesma ação, realizada na sequência de um inquérito em curso no Ministério Público de Portalegre, foram constituídos arguidos outras duas pessoas, entre os 18 e 22 anos.

Além dos seis quilogramas de haxixe, quantidade suficiente para cerca de 30 mil doses, as autoridades apreenderam 64,29 gramas de canábis, 25,92 gramas de anfetaminas e quatro selos de LSD, assim como diverso material alegadamente relacionado com a venda de droga, como facas, balanças e moinhos.

A Polícia apreendeu ainda 2741,31 euros em numerário, uma arma transformada, 34 munições de calibre 6,35 milímetros, três viaturas automóveis ligeiras, oito telemóveis, dois computadores portáteis e um tablet.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21