sicnot

Perfil

País

Hospital do Barreiro abre inquérito a caso de doentes oncológicos sem tratamento

O Centro Hospitalar Barreiro/Montijo confirmou hoje a existência de três casos de doentes oncológicos que não fizeram "tratamentos coadjuvantes" por ter sido ultrapassado o tempo, referindo que vai avançar com um inquérito externo.

Arquivo Reuters

Arquivo Reuters

REUTERS

A SIC noticiou que três doentes oncológicos não fizeram quimioterapia depois das cirurgias porque o Hospital do Barreiro deixou ultrapassar o chamado tempo útil e depois disso o tratamento não tem eficácia.

"O Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) confirma a existência de três situações em que não terão ocorrido, em tempo, os tratamentos oncológicos coadjuvantes, por perda da janela terapêutica útil", refere o hospital com comunicado enviado hoje à Lusa.

O Centro Hospitalar salienta que os doentes fizeram o tratamento principal e encontram-se a ser seguidos pelos serviços hospitalares adequados, "não podendo concluir-se desde já que tal evento terá comprometido o seu seguimento".

A administração refere que apenas teve conhecimento da situação do dia 12 de maio e que vai avançar com um inquérito externo.

"O Conselho de Administração do CHBM lamenta o sucedido e informa que vai pedir um inquérito externo, com vista ao completo esclarecimento da situação", frisa.

No documento, a administração anuncia que a atual Responsável da Unidade de Oncologia tem em curso, com a participação da Comissão Oncológica do Centro Hospitalar, a criação de novos mecanismos.

"Estes mecanismos visam garantir a melhor prestação dos cuidados aos doentes seguidos na instituição e a adoção de medidas preventivas apropriadas, otimizando o processo desde o diagnóstico às Reuniões de Decisão Terapêutica e vários tratamentos, que evitarão ocorrência de situações similares", concluiu.

Lusa

  • Ministério da Saúde já está a averiguar caso de doentes oncológicos do hospital do Barreiro
    2:59

    País

    Três doentes oncológicos do hospital do Barreiro não fizeram quimioterapia porque o hospital deixou ultrapassar o chamado tempo útil. depois disso, o tratamento não tem eficácia. O secretário de Estado da Saúde esteve no Jornal da Noite para falar sobre a situação. Manuel Delgado diz que foi apanhado de surpresa mas garante que as averiguações já estão em curso no ministério da Saúde.

  • Hospital do Barreiro deixa três doentes sem quimioterapia
    3:41

    País

    Três doentes oncológicos do hospital do Barreiro não fizeram quimioterapia porque o hospital deixou ultrapassar o chamado tempo útil, depois disso, o tratamento não tem eficácia. A administração da unidade hospitalar tomou conhecimento da situação através da SIC e já pediu uma auditoria para apurar responsabilidades.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC