sicnot

Perfil

País

Ministro da Saúde manda averiguar casos do Hospital do Barreiro

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, disse hoje que pediu à Inspeção Geral das Atividades em Saúde e ao Hospital do Barreiro que esclarecesse os casos de doentes oncológicos sem tratamento.

TIAGO PETINGA

Falando aos jornalistas à margem do encerramento do 8.º Encontro Nacional das Unidades de Saúde Familiar, afirmou aguardar o esclarecimento do Hospital, "que tomou logo a iniciativa de diligenciar nesse sentido internamente" e da Inspeção Geral das Atividades em Saúde, a quem pediu uma averiguação.

A SIC noticiou que três doentes oncológicos não fizeram quimioterapia depois das cirurgias porque o Hospital do Barreiro deixou ultrapassar o chamado tempo útil e depois disso o tratamento não tem eficácia.

Em comunicado enviado à Lusa, o conselho de administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) confirmou "a existência de três situações em que não terão ocorrido, em tempo, os tratamentos oncológicos coadjuvantes, por perda da janela terapêutica útil".

Adalberto Campos Fernandes classificou hoje como "inaceitável o que é indiciado", alertando, no entanto, para a necessidade de prudência para não haver juízos precipitados, antes de ser devidamente averiguado o que se passou.

"Sabemos que temos um Serviço Nacional de Saúde de grande dimensão e qualidade que, infelizmente, é pontuado aqui e ali por circunstâncias que não deviam existir. Vamos fazer tudo para que cada vez menos episódios destes possam ocorrer", comentou.

"Temos de melhorar todos porque a confiança que os portugueses têm no Serviço Nacional de Saúde não pode ser abalada por este tipo de acontecimentos", concluiu.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.