sicnot

Perfil

País

Segurança social fecha lar sem lincença em Valongo

O lar que a Segurança Social está hoje a encerrar em Alfena, concelho de Valongo, não tem licença para esta atividade, confirmou a GNR do Porto, que está a acompanhar no terreno a operação.

Arquivo Reuters

Em causa está um lar de idosos que funciona há cerca de dois anos numa habitação da rua de Baguim, freguesia de Alfena, que acolhia 14 utentes, dois dos quais acamados e três com muita dificuldade de locomoção, funcionando com sete funcionários.

Em declarações aos jornalistas, o tenente-coronel Silva Ferreira, oficial de relações públicas da GNR do Porto, explicou que a operação de encerramento das instalações, que se iniciou às 07:00 de hoje, ocorre para "dar cumprimento a dois mandados judiciais" que foram emitidos na sequência de "algumas denúncias".

"O lar não tem licença para funcionar como tal. Estão a ser recolhidas provas para confirmar ou não se os responsáveis incorrem na prática de maus-tratos", indicou Silva Ferreira, segundo o qual as primeiras denúncias foram feitas há um mês.

A agência Lusa constatou no local que os utentes estão a ser retirados das instalações e segundo a mesma fonte da GNR "no caso de não existir retaguarda familiar será a Segurança Social a precaver o seguimento a dar à situação".

No local estão 12 agentes da GNR, quatro responsáveis ligados à delegação de saúde, quatro do Instituto de Medicina Legal e dois técnicos da Segurança Social.

Os relatos feitos por vizinhos da habitação referem que alguns dos utentes dormiam numa cave da casa.

A proprietária do lar ilegal teve anteriormente um outro espaço para a prática da mesma atividade em São Mamede de Infesta, concelho de Matosinhos.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.