sicnot

Perfil

País

Adolescentes que usam transportes não motorizados para ir à escola são mais autónomos

Adolescentes que utilizam os transportes não motorizados no percurso entre a casa e a escola são mais autónomos e desenvolvem melhor alguns fatores de proteção em relação ao ambiente que os rodeia, indica estudo da Universidade do Porto.

(Lusa)

(Lusa)

PAULO CUNHA

Este resultado surge no âmbito do projeto SALTA - Suporte do Ambiente para o Lazer e Transporte Ativo - desenvolvido pelo Centro de Investigação em Actividade Física, Saúde e Lazer (CIAFEL) da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP).

"Em geral, os jovens têm autonomia mais reduzida e são mais sujeitos a restrições nas suas deslocações, impostas pelos adultos", indicou Maria Paula Santos, coordenadora do projeto, para quem este comportamento tem um "impacto negativo" no seu desenvolvimento motor e social.

Durante o estudo, os investigadores verificaram que a perceção dos pais acerca da segurança da área de residência é um dos fatores associados à mobilidade independente dos jovens.

Pais mais ativos - especialmente em relação à atividade do transporte - incentivam a autonomia dos filhos, o que pode ser explicado pelo melhor conhecimento acerca do ambiente construído. "Quem anda a pé conhece melhor os caminhos", indicou a responsável.

Verificou-se também que a segurança, nomeadamente uma melhor iluminação das ruas, é "um importante preditor do transporte" para as raparigas avaliadas.

Outro dos resultados indica que a distância entre a casa e a escola influencia a escolha do transporte e que maiores distâncias associam-se a maiores níveis de transporte passivo.

"Distâncias até dois quilómetros são aparentemente as mais adequadas para promover deslocações a pé no percurso casa-escola", referiu a coordenadora.

Por seu lado, as relações sociais também influenciam o transporte não motorizado ou ativo e os jovens com maior auto eficácia, que são encorajados pelos pais e que optam pela companhia dos amigos, apresentam uma maior tendência na escolha deste tipo de deslocação.

De acordo com a investigadora, em média, uma viagem casa-escola-escola-casa, "representa cerca de 40% dos 60 minutos de atividade física moderada a vigorosa recomendada nestas idades", sendo este outro dos dados obtidos no estudo.

Para além disso, os jovens que optam pelo transporte ativo (recorrendo ao uso de bicicleta, patins e?skate', por exemplo) apresentam uma maior probabilidade de terem "um melhor perfil lipídico e um menor perímetro da cintura" do que utilizadores de meios passivos, acrescentou.

Para Maria Paula Santos, "é fundamental" a criação de ambientes que apoiem e reduzam as barreiras, ao mesmo tempo que estimulam o comportamento saudável, que podem ser uma alternativa "muito valiosa" no âmbito das políticas de saúde pública.

A existência de estruturas físicas para guardar bicicletas em seguranças nas escolas e a organização de grupos de transporte (apoiados pelos pais e pelos professores), são alguns exemplos.

No estudo participaram 1.067 crianças e jovens (574 raparigas), entre os dez e os 18 anos, de escolas públicas da área metropolitana do Porto.

Os participantes foram submetidos a uma avaliação da atividade física e da perceção do ambiente construído, através de questionários e do uso de acelerómetros.

A equipa de investigação utilizou ainda informações objetivas do território, recorrendo a dados obtidos por GPS e a sistemas de informação geográfica.

No SALTA, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) em 120 mil euros, estiveram envolvidos os investigadores do CIAFEL Andreia Pizarro, Jorge Mota, Paula Silva, Paula Queirós, Elisa Marques e Gustavo Silva.

Lusa

  • Autoestrada para bicicletas na Dinamarca
    3:38

    Mundo

    Metade da população da Dinamarca vai de bicicleta para o trabalho. Para facilitar ainda mais a mobilidade, Copenhaga está agora a construir uma espécie de rede de "autoestradas" para bicicletas que vai ligar o centro aos subúrbios. Uma equipa da SIC foi à capital dinamarquesa perceber como funcionam estas novas estradas.

  • Rede de bicicletas em Anadia é exemplo internacional
    1:33

    País

    A rede de bicicletas públicas de Anadia é apontada pela Europa como um exemplo de boas práticas ambientais. A utilização é gratuita e serve para turistas e habitantes. O projeto é gerido por uma plataforma informática e inclui o serviço de oficina.

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.