sicnot

Perfil

País

Jogador brasileiro do Oriental e dois empresários em prisão preventiva

Três dos 15 detidos do processo Jogo Duplo ficam em prisão preventiva. A decisão foi tomada, esta noite, pelo juiz de instrução a quem foram presentes durante o dia. Ficam detidos Diego Tavares, jogador do Oriental, e Carlos Aranha e Gustavo Oliveira, empresários ligados ao ramo das apostas.

(Reuters/ Arquivo)

Entre os restantes suspeitos há dirigentes e jogadores dos clubes Oriental, Oliveirense e Leixões. Fariam parte de um esquema de viciação de jogos da segunda liga de futebol. Ficam com termo de identidade e residência e proibidos de contactarem uns com os outros.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.