sicnot

Perfil

País

Quase todas as regiões com risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta

Quase todas as regiões do país apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na sua página da Internet.

(EPA/Arquivo)

(EPA/Arquivo)

RAINER JENSEN

De acordo com o instituto, em risco muito alto de exposição à radiação UV estão as regiões de Bragança, Faro, Guarda, Sagres, Viseu, Leiria, Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Lisboa, Penhas Douradas, Porto, Portalegre, Santarém, Setúbal, Sines, Viana do Castelo, Vila Real, Funchal, Porto Santo, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada.

A exceção, segundo o IPMA, vai para Horta (Açores) com níveis altos e Santa Cruz das Flores (Açores) com risco moderado.

Para as regiões com níveis muito alto, o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, além de aconselhar que seja evitada a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 02, em que o UV é baixo, 03 a 05 moderado, 06 a 07 alto, 08 a 10 muito alto e superior a 11 extremo.

Quanto ao estado do tempo, o instituto prevê para hoje no continente céu pouco nublado, apresentando-se muito nublado no litoral das regiões norte e centro até meio da manhã, vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando moderado a forte no litoral oeste, em especial a sul do Cabo Carvoeiro e durante a tarde, e nas terras altas, em especial das regiões centro e sul.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena subida da temperatura máxima.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado nas vertentes sul, aguaceiros fracos nas vertentes norte e terras altas até ao final da manhã e vento fraco a moderado predominando de nordeste, soprando moderado a forte nas terras altas.

Para os Açores, o IPMA prevê no grupo ocidental (Flores e Corvo) céu geralmente muito nublado, condições favoráveis à formação de neblinas, períodos de chuva e vento sudoeste moderado a fresco com rajadas até 50 quilómetros por hora, tornando-se bonançoso durante a noite.

No grupo central (Faial, Pico, Graciosa, Terceira e São Jorge) está previsto períodos de céu muito nublado com abertas, tornando-se encoberto e vento fraco, tornando-se bonançoso de sudoeste.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria), prevê-se períodos de céu muito nublado com abertas, condições favoráveis à formação de neblinas durante a madrugada e manhã e vento fraco.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 13 e 22 graus Celsius, no Porto entre 12 e 20, em Vila Real entre 09 e 26, em Viseu entre 08 e 25, em Bragança entre 08 e 25, na Guarda entre 07 e 20, em Coimbra entre 11 e 23, em Castelo Branco entre 11 e 26, em Santarém entre 12 e 25, em Évora entre 10 e 28, em Beja entre 10 e 27 em Faro entre 15 e 26, no Funchal entre 16 e 21, em Ponta Delgada entre 17 e 21, na Horta entre 18 e 22 e em Santa Cruz das Flores entre 16 e 21.

Com Lusa

  • O tempo para hoje
    0:23

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu pouco nublado, apresentando-se muito nublado no litoral das regiões norte e centro até meio da manhã, vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando moderado a forte no litoral oeste, em especial a sul do Cabo Carvoeiro e durante a tarde, e nas terras altas, em especial das regiões centro e sul.

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de um dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projeto prevê a possilidade de o trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Portugal pode perder parte dos fundos comunitários
    2:21

    Economia

    Portugal arrisca-se a perder parte dos fundos comunitários atribuídos ao país, se não acelerar a execução dos programas que têm comparticipação de Bruxelas. A notícia é avançada pelo jornal Público, que revela que o país ainda está longe de cumprir as metas mínimas. O Executivo desdramatiza e acredita que serão cumpridas até ao final do ano. O Governo diz mesmo que Portugal deverá ser um dos países com melhores taxas de execução.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.