sicnot

Perfil

País

Simplex inclui kit de acolhimento para refugiados e agenda de cidadão

O programa Simplex 2016, que hoje é lançado num evento com a presença do primeiro-ministro, inclui um 'kit' de acolhimento para refugiados e uma Agenda de Cidadão entre as 255 medidas, disse à Lusa fonte governamental.

(arquivo)

(arquivo)

Amel Emric

O 'Refugee welcome kit' [guia de acolhimento a refugiados] tem como objetivo apoiar o primeiro contacto dos refugiados com o país de acolhimento, contendo um conjunto de informações que se encontram atualmente dispersas.

Este 'kit' inclui um guia de acolhimento da pessoa refugiada, disponível na sua própria língua, com mensagens de boas-vindas, explicações sobre Portugal, hábitos e cultura, referência aos direitos básicos dos cidadãos e das pessoas refugiadas (vacinação, cuidados de saúde, direitos das mulheres, educação, entre outros), informações práticas sobre proteção social, linhas de telefone úteis, entre outros.

O prazo de execução desta medida está previsto para o primeiro trimestre do próximo ano.

Outra das medidas que constam do programa que hoje será divulgado, é a Agenda de Cidadão, que irá permitir a consulta, num único ponto, dos principais eventos (direitos e obrigações, como pagamento de impostos, por exemplo) dos cidadãos com a Administração Pública.

Esta agenda, cujo prazo de execução está previsto para o último trimestre deste ano, estará disponível 'online' no Portal do Cidadão, presencialmente via Loja ou Espaço do Cidadão, e no canal telefónico (Linha de Cidadão, SMS, 'smart mobiles' e correio eletrónico).

Além disso, o Governo vai alargar o acesso do Diário da República.

Nesta medida incluída no Simplex 2016, pretende-se melhorar o acesso através do alargamento da informação constante da parte pública e gratuita do portal www.dre.pt e o aumento de serviços disponíveis, nomeadamente através da melhoria das funcionalidades da pesquisa, do enriquecimento da informação do Diário da República com informação proveniente de outras fontes e da criação de um sistema de leitura acessível e compreensível de imagens, mapas e plantas.

Esta medida, denominada de Diário da República Universal, estará executada até final do ano e tem também como objetivo eliminar a publicação do Diário da República em papel.

Uma outra medida é a APP MAI, que visa desenvolver um conjunto de aplicações móveis para alguns serviços do Ministério da Administração Interna, nomeadamente programas como "Estou Aqui" e "Estou Aqui Adultos" (PSP), em que se prevê a criação de uma página na Internet que permite a localização dos utilizadores (crianças e adultos), georreferenciação de fogos em Portugal, com visualizador e possibilidade de notificação de ocorrências, com base numa morada ou área definida pelo utilizador.

"Verão Seguro", que permite a vigilância de habitações durante as férias, "SMS Reboques", que localiza os veículos rebocados, são outras das aplicações previstas nesta medida, cuja execução está prevista para o quarto trimestre deste ano.

A apresentação do Simplex 2016 conta com a presença do primeiro-ministro, António Costa, da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, da secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, do primeiro vice-presidente da Comissão Europeia e "número dois" do executivo comunitário, Frans Timmermans, além de outros membros do governo português.

O Simplex 2016 integra um total de 255 medidas, as quais serão executadas até maio do próximo ano.

Entre as medidas constam ainda as três ideias vencedoras do concurso Startup Simplex, que incluem a ideia "Paga ao Estado", uma carteira digital que substitui o dinheiro vivo; a "Firefisk", que consiste em reunir informação de diferentes autoridades públicas sobre incêndios numa única plataforma; e um integrador que permite que as aplicações de rastreabilidade de bovinos comuniquem diretamente e em tempo real com o Sistema Nacional de Informação e Registo Animal (SNIRA).

O lançamento do Simplex 2016 acontece 10 anos depois do programa de simplificação legislativa e administrativa ter sido criado.

Entre as medidas mais emblemáticas do programa constam o Cartão de Cidadão, a Empresa na Hora, o Documento Único Automóvel ou o projeto Nascer Cidadão (serviço que permite registar os recém-nascidos em maternidades e hospitais).

Lusa

  • Simplex 2016 apresenta 255 medidas

    Economia

    O programa Simplex 2016, que será lançado a 19 de maio, conta com 255 medidas, e a apresentação contará com a presença do vice-presidente da Comissão Europeia Frans Timmermans, disse hoje à Lusa fonte governamental.

  • Três milhões e meio de contribuintes vão deixar de apresentar IRS
    8:32

    Economia

    O Governo promete avançar com 255 medidas para simplificar e desburocratizar a vida dos portugueses. Uma das mais emblemáticas é a que diz que os trabalhadores por conta de outrém e reformados vão deixar de entregar declarações do IRS. A ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para explicar esta medida e o novo programa Simplex que será apresentado amanhã pelo Governo. A ministra garante que no total serão cerca de três milhões e meio de pessoas que vão deixar de ser obrigadas a entregar a declaração de IRS.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • ERSE concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões euros a mais à EDP
    0:53

    País

    José Gomes Ferreira afirmou esta sexta-feira que a ERSE -Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos concluiu que estavam a ser pagos 165 milhões de euros a mais do que o necessário à EDP. Contratos que foram postos em prática em 2007 por Manuel Pinho, na altura ministro da Economia.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59