sicnot

Perfil

País

Diretores escolares querem turmas mais pequenas no primeiro ciclo

Os diretores escolares defenderam hoje que, mais do que medidas de combate ao insucesso, como tutores para alunos repetentes, as escolas precisam de medidas de prevenção de insucesso, como reduzir o número de alunos nas turmas do 1.º ciclo.

© Eric Gaillard / Reuters

"Ao nível do 1.º ciclo a redução de alunos por turma é essencial. É um ciclo estrutural. Um aluno com o 1.º ciclo mal feito é um aluno que vai ter insucesso, mais dia, menos dia", disse à Lusa o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), Filinto Lima.

Para o presidente da ANDAEP, as turmas do 1.º ciclo deviam ter, no máximo, entre 18 e 20 alunos. Números recentes do Conselho Nacional de Educação mostram que cerca de metade das turmas deste nível de escolaridade têm entre 21 e 30 alunos.

"Gostaríamos que o ministro viesse antes acenar com medidas promotoras do sucesso escolar", disse Filinto Lima, numa referência ao anúncio na quinta-feira, pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do apoio a alunos com duas ou mais repetências, atribuindo-lhes um tutor, e com a qual os diretores estão de acordo.

Mas recordando que a figura de tutor não é uma novidade na escola pública, estando "bastante disseminada", Filinto Lima entende que os 15 milhões de euros previstos para essa medida "de remedeio do insucesso" seriam melhor aplicados em investimento na formação base dos alunos, propondo não só a redução da dimensão das turmas, como também ter professores assistentes nas salas de aula (coadjuvações) e uma aposta no pré-escolar.

A ideia das tutorias anunciada pelo Ministério da Educação é criar grupos com um máximo de dez alunos que vão passar a ter direito a quatro horas semanais com um professor, explicou o ministro aos jornalistas no final da sessão plenária, na Assembleia da República.

Nessas tutorias, os alunos terão apoio ao estudo, mas também ajuda para resolver problemas que tenham na escola ou em casa, exemplificou Tiago Brandão Rodrigues.

O professor será o "adulto de referência que muitas vezes não existe nestas famílias", acrescentou o secretário de Estado da Educação, João Costa, acrescentando que se trata "de um investimento".

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.