sicnot

Perfil

País

Escadas rolantes vão ligar Martim Moniz ao Castelo de Lisboa

A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) informou hoje que as escadas rolantes que vão ligar a praça do Martim Moniz ao Castelo de São Jorge vão estar em funcionamento "no final de 2016/início de 2017".

© Rafael Marchante / Reuters

Em resposta escrita enviada à agência Lusa, a EMEL indica que em causa estão três troços: as "Escadinhas da Saúde", que ligarão a porta da Mouraria à Rua Marquês Ponte de Lima, as "Escadinhas do Palácio da Rosa", que farão a ligação entre as ruas Marquês de Ponte de Lima e Costa do Castelo e ainda as "Escadinhas de São Lourenço", para as quais serão recuperadas as escadas já existentes entre a Rua da Costa do Castelo ao interior do Castelo de São Jorge.

"O primeiro e o terceiro troços, a cargo da EMEL, deverão entrar em funcionamento no final de 2016/início de 2017 e a sua utilização será gratuita", refere a empresa.

Estes acessos inserem-se nas novas acessibilidades à colina do Castelo de São Jorge, que visam atenuar a topografia do terreno e as características desta zona histórica através da introdução de meios mecânicos.

A Câmara de Lisboa incumbiu a EMEL de construir e gerir estes meios, atribuição esta que, segundo a empresa, é uma forma de "retribuir à cidade os valores recebidos através dos parquímetros".

Além do percurso da Mouraria, estão previstos acessos suaves à Sé e à Graça.

No primeiro caso, haverá um elevador a ligar as Escadinhas das Portas do Mar (junto ao Campo das Cebolas) ao Largo da Sé.

"Atendendo a que esta obra decorrerá numa zona muito rica em termos arqueológicos, a primeira empreitada, agora lançada, visa apenas escavar o poço onde será posteriormente instalado o elevador", precisa a EMEL, estimando que este "esteja operacional no verão de 2017", o que depende "das vicissitudes dos trabalhos arqueológicos a realizar".

Quanto ao percurso da Graça, haverá um funicular a ligar a Rua dos Lagares e o Miradouro da Graça.

"Está já a decorrer o concurso tendo em vista apurar da viabilidade da abertura do canal onde deverá circular a composição, também ela sujeita a fortes condicionantes arqueológicas", assinala a empresa, esclarecendo que, por essa razão, ainda não existe uma data.

Também estas infraestruturas serão gratuitas.

Ainda no âmbito das novas acessibilidades, foi inaugurado em junho do ano passado o elevador que liga a Rua Norberto Araújo ao miradouro de Santa Luzia.

Após a inauguração, este equipamento esteve "inoperativo durante alguns dias em consequência de problemas relacionados com o fornecimento de energia", admite a EMEL.

Porém, "desde então o elevador funciona sem problemas, registando um elevado nível de utilização", assegura.

Na nota enviada à Lusa, a EMEL aponta que, a estes meios mecânicos, se somam os dois elevadores que fazem a ligação entre a Rua dos Fanqueiros e a Rua da Madalena e entre esta e a Calçada do Marquês de Tancos.

A empresa municipal disponibiliza ainda outro tipo de elevadores públicos, como o que foi inaugurado este ano em Entrecampos, recorda a EMEL.

Lusa

  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15

    País

    Os fogos mais violentos começaram na Lousã, no distrito de Coimbra, e o cenário é desolador. Casas e empresas foram totalmente destruídas. Paulo Carvalho era dono de uma carpintaria, que foi reduzida a um monte de escombros.

  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10

    País

    As autoridades confirmaram a morte de oito pessoas no concelho de Vouzela. Agora é tempo de fazer o luto e tentar reerguer o que foi destruído pelo fogo. Os testemunhos emocionados dos moradores e do autarca relatam a destruição deixada pelas chamas. Custódia perdeu quase tudo. José teve de comprar um gerador para continuar a dar de beber às galinhas.

  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.