sicnot

Perfil

País

Fim de semana com aguaceiros fracos e descida da temperatura máxima

O fim de semana vai ser marcado por céu pouco nublado, períodos de chuva, em geral fraca, e descida da temperatura máxima de 4 a 6 graus Celsius na generalidade do território, adiantou o meteorologista Bruno Café.

© Rafael Marchante / Reuters

"Hoje vamos ter um dia com céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se muito nublado a norte do Cabo Raso, aumentando de nebulosidade nas regiões do interior norte e centro onde deverão ocorrer aguaceiros dispersos", disse à agência Lusa o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Bruno Café, hoje vai registar-se também uma pequena subida da temperatura máxima na generalidade do território.

"As temperaturas máximas podem chegar aos 30/31 graus em alguns locais. Estamos a prever 31 graus em Santarém e Setúbal, 30/32 no Alentejo e Lisboa 29", declarou.

No sábado, o instituto prevê uma mudança no estado do tempo, com períodos de chuva, em geral fraca, e descida da temperatura entre 4 a 6 graus.

"Vamos ter no sábado céu geralmente muito nublado, períodos de chuva em geral fraca, sendo mais persistente no Minho e no Douro Litoral a partir do meio da tarde, vento fraco do quadrante oeste, por vezes forte nas terras altas, neblinas ou nevoeiro matinais e descida da temperatura máxima [em relação a sexta-feira] na generalidade do território de 4 a 6 graus", sublinhou.

Para domingo, está previsto céu muito nebulado, tornando-se pouco nublado a partir da tarde, chuva fraca ou aguaceiros fracos nas regiões norte e centro até ao início da manhã, vento fraco a moderado de oeste, rodando para noroeste a partir da manhã e descida de temperatura nas regiões do interior.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 15 e 29 graus Celsius, no Porto entre 13 e 21, em Vila Real entre 13 e 27, em Viseu entre 13 e 26, em Bragança entre 11 e 26, na Guarda entre 11 e 23, em Coimbra entre 14 e 27, em Castelo Branco entre 17 e 29, em Santarém entre 14 e 31, em Évora entre 13 e 32, em Beja entre 15 e 30, em Faro entre 21 e 27, no Funchal entre 16 e 22, em Ponta Delgada entre 15 e 20 e na Horta e Santa Cruz das Flores entre 14 e 19.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:29

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se muito nublado no litoral a norte do Cabo Raso até meio da manhã e aumentando temporariamente de nebulosidade durante a tarde nas regiões do interior, em especial do norte e centro, onde ocorrerão aguaceiros dispersos.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.