sicnot

Perfil

País

Marcelo diz-se "guardião da Constituição" e promete defesa de reformados e pensionistas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, interveio hoje numa conferência com reformados e pensionistas no centro do debate e prometeu, enquanto "guardião da Constituição", a defesa dos seus direitos.

M\303\201RIO CRUZ

O Presidente da República, declarou Marcelo, não pode faltar à "defesa dos direitos económicos, sociais e culturais dos cidadãos, ou seja, à defesa da constituição".

O chefe de Estado falava na sessão de encerramento da conferência nacional da Associação de Pensionistas e Reformados (APRe!), entidade que enalteceu pelas "legítimas reivindicações sociais" que trouxe a debate "num momento específico da vida nacional", no contexto de assistência financeira internacional a Portugal.

"Há outras formas de lutar pela mesma causa, e a causa está lá, é a mesma", a defesa de direitos, prosseguiu Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República lembrou ainda o debate "recorrente" sobre o sistema de pensões em Portugal: "É um debate que só ganha em ser feito sem dramatização e sem uma coloração de natureza demasiado doutrinária ou ideológica", vincou.

Por outro lado, o chefe de Estado teceu críticas à Europa que, advoga, "tem adiado a reflexão e sobretudo a decisão sobre temas" como a questão dos refugiados.

Nesse ponto em concreto, enalteceu a "consciência tranquila de Portugal", já que não só através do Governo mas também da "sociedade civil" há "felizmente" um entendimento neste problema.

As palavras de Marcelo Rebelo de Sousa foram proferidas no dia em que se ficou a saber que Portugal receberá, até ao final do mês, mais 191 refugiados, que se somam aos mais de 230 já chegados ao abrigo do sistema de recolocação.

"Portugal já recebeu 230 refugiados, sobretudo eritreus chegados a Itália, esperamos um novo grupo e, até final do mês, devem chegar mais 191 pessoas", disse a ministra portuguesa da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, que participou em Bruxelas numa reunião com os seus homólogos da União Europeia.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.