sicnot

Perfil

País

Proteger os últimos lugares selvagens no Oceano

EXCLUSIVO ONLINE

Proteger os últimos lugares selvagens no Oceano

O cientista-chefe do projeto "Pristine Seas" da National Geographic Society esteve em Portugal para a apresentação do relatório científico e do filme "Ilhas Selvagens", que retratam a expedição realizada, em setembro de 2015, ao ponto mais a sul do território português. Alan Friedlander contou à SIC o que encontrou nas Selvagens, explicou o projeto que visa identificar, estudar e preservar os últimos lugares verdadeiramente selvagens no Oceano, e falou daquilo que mais o marcou em 30 anos de investigação e mergulhos: ver o desaparecimento dos recifes de coral.

  • Cientistas querem preservar e alargar a reserva natural das ilhas Selvagens
    3:01

    País

    Cientistas de um projeto de conservação da National Geographic defendem o alargamento da reserva natural das Selvagens dos cerca de 9400 hectares atuais para pelo menos 124 mil hectares. As ilhas do arquipélago da Madeira foram objeto de uma expedição científica e são agora as estrelas de um documentário que mostra um local pujante de vida. Um dos últimos lugares quase intocados pelo homem no Atlântico norte.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.