sicnot

Perfil

País

Circulação na A14 restabelecida sem restrições

A circulação na autoestrada A14, que liga a Figueira da Foz a Coimbra, vai passar a fazer-se sem restrições a partir da manhã de hoje, disse fonte da concessionária Brisa.

A via esteve cortada ao trânsito desde o dia 2 de abril, entre os nós de Vila Verde e Santa Eulália, devido ao colapso de uma passagem hidráulica na zona de Maiorca, que levou ao aluimento do piso da autoestrada.

A via esteve cortada ao trânsito desde o dia 2 de abril, entre os nós de Vila Verde e Santa Eulália, devido ao colapso de uma passagem hidráulica na zona de Maiorca, que levou ao aluimento do piso da autoestrada.

PAULO NOVAIS

Numa informação enviada à Lusa, Franco Caruso, diretor de comunicação da Brisa, disse que a circulação na A14 será restabelecida durante a manhã "já sem nenhuma restrição", depois daquela via ter sido reaberta ao trânsito na passada quarta-feira, mas de forma condicionada.

A via esteve cortada ao trânsito desde o dia 2 de abril, entre os nós de Vila Verde e Santa Eulália, no concelho da Figueira da Foz, devido ao colapso de uma passagem hidráulica na zona de Maiorca, que levou ao aluimento do piso da autoestrada.

A autoestrada reabriu condicionada, possibilitando o trânsito nos dois sentidos, mas apenas por uma faixa de rodagem - em circulação alternada com recurso a semáforos - na zona onde esteve instalada a ponte militar que possibilitava a ligação da A14 com a EN 111.

A opção pela circulação numa única faixa de rodagem junto ao nó de Santa Eulália deveu-se à necessidade de desmontar a ponte militar, trabalhos que se iniciaram igualmente na quarta-feira.

Lusa

  • A14 reabriu hoje ao trânsito com condicionamentos
    4:19

    País

    A autoestrada A14 que liga a Figueira da Foz a Coimbra reabriu hoje ao trânsito, de forma condicionada. A via esteve cortada ao trânsito desde 2 de abril, entre os nós de Vila Verde e Santa Eulália, no concelho da Figueira da Foz, devido ao colapso de uma passagem hidráulica na zona de Maiorca, que levou ao aluimento do piso da autoestrada. O repórter Nelson Mateus acompanha a reabertura da circulação.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".