sicnot

Perfil

País

Associações alertam para perigo de balões quando se tornam lixo

Associações de defesa do ambiente alertaram hoje para os efeitos negativos dos balões largados, nomeadamente nas festas de crianças, tanto para os bebés, que podem engasgar-se, como para os animais, que os confundem com alimento.

FERNANDO VELUDO / LUSA

"Acreditamos que é possível a mobilização de todos, mantendo a cor e o forte simbolismo, mas sem balões. O ambiente agradece, e o ambiente somos todos nós", salienta um comunicado divulgado pela Associação Portuguesa de Lixo Marinho (APLM) e pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

As entidades "alertam para os impactos negativos das largadas de balões, propondo que sejam eliminadas e substituídas por alternativas de menor impacto".

As largadas de balões têm um simbolismo muito positivo aliado ao efeito da cor, reconhecem as associações, mas que contrasta com os impactos negativos quando aqueles caem e se tornam lixo, ficando disperso no ambiente.

As associações salientam que os balões caídos nas praias, em parques infantis e zonas de lazer representam "um perigo potencial para crianças pequenas ou bebés que, por curiosidade lhes podem pegar".

É que se deglutidos, os balões podem provocar engasgamento ou mesmo asfixia, explicam.

Os balões, inteiros ou rebentados, atraem animais que os confundem com alimento, principalmente nos oceanos, onde podem ser confundidos com alforrecas, acabando por ser ingeridos por tartarugas e outros animais marinhos.

As consequências para os animais podem ser graves, desde a obstrução mais ou menos temporária do tubo digestivo até à morte por asfixia ou inanição, explicam os ambientalistas.

São listados alguns "bons exemplos de eventos e comemorações" integrados em campanhas que, em vez de balões, optaram por bolas de sabão, caminhadas, cartazes, distribuição de fitas, iluminações de edifícios e outras manifestações com benefícios para o ambiente, como a plantação de árvores ou arbustos pela comunidade.

As associações realçam que os balões de látex, "ditos biodegradáveis, permanecem vários anos no ambiente, fragmentando-se em pedaços que são ingeridos por muitos animais".

O alerta surge a propósito do Dia Mundial da Biodiversidade, assinalado no domingo, do Dia Mundial do Ambiente, comemorado a 5 de junho e do Dia Mundial dos Oceanos, a 8 de junho, e tem o apoio de outras associações como o GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), Centro Português de Atividades Subaquáticas (CPAS), Associação de Ciências marinhas e Cooperação (SCIAENA) ou Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA).

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.