sicnot

Perfil

País

Escolas que decidiram manter exames no 4.º e 6.º ano começam hoje a aplicá-los

O período para realização de exames de Português e Matemática do 4.º e 6.º ano inicia-se hoje com um número de escolas a aplicá-los depois de o Ministério da Educação (ME) os ter tornado opcionais este ano.

© Susana Vera / Reuters

Segundo dados da tutela, menos de oito por cento dos diretores decidiram realizar as provas do 4.º e 6.º ano, em conjunto com as provas de aferição dos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade, que também são opcionais este ano, e que apenas se tornam obrigatórias em 2016-2017.

Dois por cento dos diretores optaram por realizar apenas as provas do 4.º e do 6.º ano, nas suas escolas.

As escolas que optaram por manter a realização dos exames de 4.º e 6.º ano têm até 03 de junho para os fazer.

O ministério de Tiago Brandão Rodrigues anunciou, em janeiro, uma alteração ao modelo de avaliação do ensino básico, que eliminou os exames de Português e Matemática, no 4.º e 6.º ano, com um peso de 30 por cento para a nota final dos alunos, e introduziu provas de aferição no 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade.

O ME veio depois permitir que quer a aplicação das provas de aferição, como a eliminação dos exames, apresentadas como obrigatórias para o corrente ano letivo, fossem afinal opcionais este ano, criando um período de transição até à obrigatoriedade e universalidade das provas no próximo ano letivo.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42