sicnot

Perfil

País

Passos Coelho acusa Governo de escolher 39 colégios sem estudar consequências

Passos Coelho acusa Governo de escolher 39 colégios sem estudar consequências

Pedro Passos Coelho acusa o Governo de ter decidido quais são os colégios que perdem financiamento do Estado, sem antes de ter estudado as consequências da decisão.

  • Polémica sobre colégios privados marca debate no Parlamento
    3:22

    País

    O primeiro-ministro acusou hoje Pedro Passos Coelho de ter enganado os portugueses sobre os contratos de associação. A polémica sobre os colégios privados marcou o debate quinzenal no Parlamento, que foi palco de perguntas à esquerda e à direita. O primeiro partido a tocar no assunto foi o CDS, que quis garantias de establidade para os alunos.

  • Fenprof admite avançar para tribunal contra Passos, partidos e comentadores de direita
    0:55

    País

    A Fenprof admite avançar com queixas em tribunal, na polémica que envolve a revisão dos contratos do Estado com os colégios privados. Numa conferência de imprensa, esta tarde, o dirigente do sindicato dos professores, referiu-se diretamente a Pedro Passos Coelho e ao que chamou os partidos e comentadores de direita. Mário Nogueira diz que a Fenprof está a ser alvo de insultos e injúrias.

  • Passos insinua que ministro da Educação se move por interesses
    2:29

    País

    O Governo veio exigir que Pedro Passos Coelho concretize as acusações contra o Ministro da Educação. Ontem, o lider do PSD insinuou que Brandão Rodrigues se move por interesses, na revisão dos contratos entre o Estado e os colégios privados. A polémica vai continuar nos próximos dias. Um movimento de colégios privados vai entregar quase 100 mil cartas ao Primeiro-Ministro e ao Presidente da República.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14