sicnot

Perfil

País

11 crianças e 3 adultos feridos no acidente na A1

As crianças que hoje ficaram feridas sem gravidade num acidente entre dois autocarros de transporte escolar, na Autoestrada do Norte (A1), pertencem aos agrupamentos de escolas de Oliveira de Azeméis e dirigem-se para a Assembleia da República.

SIC

"As crianças pertencem a todos os agrupamentos de escolas de Oliveira de Azeméis, que são cinco, participam na iniciativa 'Políticos de Palmo e Meio' e deslocavam-se para a Assembleia da República", disse à Lusa Ilda Ferreira, diretora do agrupamento de escolas Ferreira de Castro.

Uma colisão entre dois autocarros de transporte escolar, na A1, depois das portagens de Alverca, no sentido Norte-Sul, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa.

Segundo a mesma fonte, o acidente ocorreu cerca das 10:50 e os feridos - sete crianças e três adultos - foram transportados para os hospitais de Santa Maria e de S. José, em Lisboa.

A diretora do agrupamento de escolas de Oliveira de Azeméis, com sede em Lações de Cima, explicou que, pelas informações de que dispunha, os ferimentos das crianças do 4.º ano, com cerca de 9 anos, consistiam "em alguns hematomas" e não apresentavam gravidade.

Entretanto, os alunos que seguiam no segundo autocarro, da Câmara de Mação, não sofreram ferimentos, segundo o presidente da Câmara Municipal local, Vasco Estrela.

"Não sofreram nada. Ninguém foi ao hospital", disse o autarca, esclareceu que na viatura seguiam 24 alunos da escola de Cardigo, com cinco auxiliares e o motorista.

Os alunos vão prosseguir viagem noutro autocarro, em direção ao Jardim Zoológico de Lisboa, acrescentou Vasco Estrela, indicando que os danos provocados na viatura municipal "são consideráveis".

Lusa

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.