sicnot

Perfil

País

11 crianças e 3 adultos feridos no acidente na A1

As crianças que hoje ficaram feridas sem gravidade num acidente entre dois autocarros de transporte escolar, na Autoestrada do Norte (A1), pertencem aos agrupamentos de escolas de Oliveira de Azeméis e dirigem-se para a Assembleia da República.

SIC

"As crianças pertencem a todos os agrupamentos de escolas de Oliveira de Azeméis, que são cinco, participam na iniciativa 'Políticos de Palmo e Meio' e deslocavam-se para a Assembleia da República", disse à Lusa Ilda Ferreira, diretora do agrupamento de escolas Ferreira de Castro.

Uma colisão entre dois autocarros de transporte escolar, na A1, depois das portagens de Alverca, no sentido Norte-Sul, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa.

Segundo a mesma fonte, o acidente ocorreu cerca das 10:50 e os feridos - sete crianças e três adultos - foram transportados para os hospitais de Santa Maria e de S. José, em Lisboa.

A diretora do agrupamento de escolas de Oliveira de Azeméis, com sede em Lações de Cima, explicou que, pelas informações de que dispunha, os ferimentos das crianças do 4.º ano, com cerca de 9 anos, consistiam "em alguns hematomas" e não apresentavam gravidade.

Entretanto, os alunos que seguiam no segundo autocarro, da Câmara de Mação, não sofreram ferimentos, segundo o presidente da Câmara Municipal local, Vasco Estrela.

"Não sofreram nada. Ninguém foi ao hospital", disse o autarca, esclareceu que na viatura seguiam 24 alunos da escola de Cardigo, com cinco auxiliares e o motorista.

Os alunos vão prosseguir viagem noutro autocarro, em direção ao Jardim Zoológico de Lisboa, acrescentou Vasco Estrela, indicando que os danos provocados na viatura municipal "são consideráveis".

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • A história de um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo
    5:52

    Desporto

    Um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo não perdeu a oportunidade de se deslocar à Madeira, para conhecer o ídolo e o local onde Cristiano nasceu e cresceu. Lucas Mendes é brasileiro, tem apenas 23 anos e criou a página de fãs de Ronaldo mais seguida no Brasil.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.