sicnot

Perfil

País

FENPROF processa JSD por ofensa devido a cartaz virtual

A Federação Nacional dos Professores (FENPROF) vai processar a JSD por considerar ofensivo um cartaz virtual em que o dirigente da estrutura sindical, Mário Nogueira, surge retratado como Estaline, a manipular o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

JSD - Juventude Social Democrata

"O gabinete jurídico da FENPROF irá avançar com um processo jurídico contra a JSD por ofensa, que reputa de grave, ao bom nome desta federação, na sequência de uma inaceitável e condenável utilização, num cartaz virtual, da imagem do seu secretário-geral", anunciou hoje a estrutura em comunicado.

A FENPROF alega que não pode admitir a utilização de meios que considera ilícitos e que, na sua opinião, "ultrapassam a decência da ação política".

Ação essa que, desta forma, - argumenta a federação - "perde toda a credibilidade e tem de ser condenada".

A JSD recorreu na segunda-feira à imagem do dirigente sindical Mário Nogueira, fardado como o antigo líder soviético Estaline, e do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, manipulado por fios, para criticar a situação do setor.

"Isto Stalin(do), está!" é o título do cartaz virtual, disponível no sítio oficial da organização juvenil social-democrata (www.jsd.pt), com a pergunta "foi nisto que votou?", seguindo-se "coligação de esquerda" e os símbolos de PS, BE, PCP e PEV.

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.