sicnot

Perfil

País

Homem de 23 anos desaparecido no mar em Vila Nova de Milfontes

Um homem de 23 anos desapareceu hoje no mar em Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, Beja, tendo decorrido buscas infrutíferas para o encontrar, disse à agência Lusa o comandante da Polícia Marítima de Sines.

O capitão do Porto de Sines e também comandante da Polícia Marítima, José António Gouveia, indicou que o alerta foi dado cerca das 15:30, para o desaparecimento de um homem, que estava à pesca com um irmão, tendo as buscas para o encontrar começado de seguida.

"O homem, a pedido do irmão, foi buscar um balde de água ao mar, que estava agitado, deve ter sido apanhado por uma onda e desapareceu", acrescentou a mesma fonte.

O jovem, de acordo com o capitão do Porto de Sines, desapareceu numa zona de rochas, a norte do Portinho do Canal, em Vila Nova de Milfontes.

As buscas já terminaram por hoje e vão ser retomadas amanhã de manhã, disse o comandante da Polícia Marítima de Sines.

Estiveram envolvidos nas buscas, duas lanchas, uma da Polícia Marítima de Sines e outra da Estação Salva-Vidas de Sines, elementos da Polícia Marítima, veículos e operacionais dos bombeiros de Vila Nova de Milfontes, GNR, e a Associação de Salvamento e Resgate de Sines.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".