sicnot

Perfil

País

Mãe do jovem que morreu em praxe começa a ser julgada por difamação

Mãe do jovem que morreu em praxe começa a ser julgada por difamação

A mãe do jovem que morreu em 2001, depois de ter sido agredido numa praxe da tuna, começou a ser julgada. Maria de Fátima Macedo está acusada de quatro crimes de difamação, por palavras ditas à comunicação social, na altura da morte dos estudantes no Meco. A mulher arrisca a pena de cinco anos de cadeia ou uma multa. Olavo Almeida, que chegou a ser arguido no processo da morte de Diogo, apresentou queixa por difamação e pede agora uma indemnização de 120 mil euros à mãe de Diogo Macedo.

  • Mãe de rapaz que morreu em praxe julgada por difamação
    1:43

    País

    A mãe de um aluno da Universidade Lusíada de Famalicão que morreu em 2001, numa praxe, começa hoje a ser julgada por difamação. Em causa estão declarações a vários meios de comunicação social, por altura da morte de vários estudantes na praia do Meco.

  • Mãe do rapaz que morreu em 2001 numa praxe vai ser julgada por difamação
    1:44

    País

    A mãe de um aluno da Universidade Lusíada de Famalicão, que morreu em 2001 numa praxe, vai ser julgada por difamação. Em causa estão as declarações feitas à SIC e a outros meios de comunicação social em 2014, por ocasião da tragédia do Meco. Nessa altura, a mãe de Diogo Macedo não hesitou em lembrar o seu próprio caso e nomeou os que para ela são suspeitos da morte do filho. O processo sobre a morte de Diogo Macedo foi arquivado pelo Ministério Público por falta de provas.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.