sicnot

Perfil

País

Tribunais fechados na última reforma judiciária voltam a ter julgamentos em 2017

Tribunais fechados na última reforma judiciária voltam a ter julgamentos em 2017

Os tribunais fechados na última reforma judiciária vão voltar a ter julgamentos em 2017. A ministra da Justiça vai hoje ao Parlamento explicar os reajustamentos que pretende fazer à reforma do mapa judiciário, feita em 2014. Nesta reforma, Vila Real foi o distrito com mais tribunais fechados.

  • Tribunal de Vila Real reabre em novo edifício
    2:51

    País

    O Tribunal de Vila Real reabriu num novo edifício. Depois de um ano e meio a trabalhar em contentores, as instâncias cíveis e do trabalho têm agora um novo espaço. A reforma judiciária foi muito contestada por afastar a justiça dos cidadãos onde fecharam tribunais. O problema da distância de alguns conselhos tem-se tentado colmatar com o recurso à videovigilância.

  • Procuradoria-Geral Distrital do Porto aponta falhas nos tribunais
    1:14

    País

    Um relatório da Procuradoria-Geral Distrital do Porto aponta falhas às instalações dos tribunais no norte do país e faz duras críticas à reforma judiciária. O relatório diz que há falta de funcionários e magistrados nos tribunais do norte e que em Vila Nova de Gaia e no Porto os tribunais estão em condições indignas.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras