sicnot

Perfil

País

Grupos central e oriental dos Açores sob aviso amarelo devido a agitação marítima

Os grupos central e oriental dos Açores estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, com ondas de noroeste, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Lusa

Lusa

EDUARDO COSTA

De acordo com o instituto, os grupos central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) e oriental (São Miguel e Santa Maria) estão hoje sob aviso amarelo devido à agitação marítima entre as 06:00 e as 18:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa "risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O IPMA prevê para hoje no grupo ocidental (Flores e Corvo) períodos de céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, aguaceiros geralmente fracos, mais frequentes a partir da tarde e vento noroeste fresco a muito fresco, com rajadas até 70 quilómetros por hora, rodando para norte.

No grupo central prevê-se períodos de céu muito nublado com abertas, aguaceiros geralmente fracos, mais frequentes a partir da tarde e vento noroeste fresco a muito fresco com rajadas até 75 quilómetros por hora rodando para norte e, tornando-se moderado a partir do final da tarde.

Para o grupo oriental a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, aguaceiros, mais frequentes para a tarde e vento noroeste fresco a muito fresco com rajadas até 70 quilómetros por hora.

O instituto prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros em geral fracos e pouco frequentes, sendo mais prováveis no Minho a partir do fim da manhã e até meio da tarde, vento em geral fraco predominando de sudoeste e neblina ou nevoeiro matinal.

Na Madeira está previsto céu com períodos de muita nebulosidade, aguaceiros fracos e pouco frequentes, vento fraco a moderado de noroeste rodando para oeste e pequena descida de temperatura.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 15 e 21 graus Celsius, no Porto entre 14 e 19, em Vila Real entre 10 e 18, em Viseu entre 10 e 17, em Bragança entre 09 e 19, na Guarda entre 08 e 15, em Coimbra entre 13 e 20, em Castelo Branco entre 11 e 21, em Santarém entre 12 e 23, em Évora e Beja entre 12 e 22, em Faro entre 15 e 21, no Funchal entre 16 e 21, em Ponta Delgada 13 e 18, em Angra do Heroísmo entre 14 e 18 e em Santa Cruz das Flores entre 13 e 17.

Lusa

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35

    País

    A data para as próximas eleições autárquicas já gerou consenso. 1 de outubro é a data pedida pelos vários partidos ouvidos esta segunda-feira por António Costa. Na próxima quinta-feira, no Conselho de Ministros, o dia de ir às urnas vai ser escolhido.