sicnot

Perfil

País

Queda de ultraleve em Benavente em 2012 deveu-se a erro do piloto

A queda de um ultraleve nas imediações do Campo de Voo de Benavente, em abril de 2012, que provocou a morte dos dois ocupantes, deveu-se a falha humana, aponta o relatório final da investigação ao acidente, hoje divulgado.

O piloto, de 21 anos, e o passageiro, de 18 anos, tiveram morte imediata e o ultraleve ficou totalmente destruído na sequência do incêndio que deflagrou após a queda.

Segundo o relatório do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA) foram identificadas duas causas prováveis para o acidente: "a entrada em perda devido a atitude anormal de nariz [do ultraleve] em cima, provocado pelo passageiro aos comandos do avião, e a entrada em perda devido a volta apertada provocada pelo piloto".

"A Comissão de Investigação determinou que a causa do acidente foi a perda de controlo da aeronave devido a erro humano do piloto. O piloto não tinha seguido os procedimentos de descolagem e aterragem corretos, tudo indicando que ele autorizou o passageiro a assumir as operações", sublinha o GPIAA.

A investigação refere que "tudo indica que o piloto estava a ensinar, ou pelo menos a permitir" que o passageiro pilotasse o avião nas manobras de aterragem e descolagem, acrescentando que "é possível que tenha sido o passageiro a estar aos comandos do avião" no momento do acidente.

"Numa situação destas o piloto pode não ter tido tempo de reagir atempadamente para evitar a perda ou de ter sido impedido, por ação do passageiro, de atuar devidamente nos comandos de voo", frisam os investigadores.

O relatório refere que o passageiro era "um entusiasta da aviação e dos simuladores de voo", não tendo sido encontrado nenhum registo de qualquer experiência de voo, nem inscrição em algum curso de pilotagem.

A investigação conta que este jovem "já tinha voado como passageiro com outro piloto e já lhe tinham sido dados a sentir os comandos do avião".

A outra causa aponta para a entrada em perda do ultraleve devido a uma manobra intencional do piloto.

"Parece também que o piloto poderá ter efetuado uma volta apertada à direita, sem a velocidade correta numa tentativa de demonstrar as capacidades de manobra da aeronave ou demonstrar ao passageiro a sua habilidade de pilotagem", descreve o GPIAA.

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16