sicnot

Perfil

País

Bruxelas dá três meses a Portugal para designar zonas especiais de conservação

A Comissão Europeia deu hoje um prazo de três meses para Portugal designar as Zonas Especiais de Conservação (ZEC) nas regiões atlântica e mediterrânica, no âmbito da rede Natura 2000.

© Marcos Borga / Reuters

"Foi solicitado a Portugal que designasse sete ZEC na região atlântica até 07 de dezembro de 2010 e 54 Sítios de Importância Comunitária (SIC) na região mediterrânica até 19 de julho de 2012. Até à data, não foi designada nenhuma região", diz a Comissão Europeia, num parecer fundamentado hoje divulgado.

O parecer estipula um prazo de três meses para resposta, sob pena de o caso poder ser submetido à apreciação do Tribunal de Justiça da UE.

A Comissão Europeia salienta ainda que "as autoridades portuguesas não estabeleceram ainda as medidas de conservação necessárias para todos os sítios restantes",

Uma lacuna que Bruxelas classifica como "significativa" e que "não uma correta proteção e gestão das áreas protegidas, além de constituir uma importante ameaça para o bom funcionamento e a coerência da rede Natura 2000 no seu conjunto".

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.