sicnot

Perfil

País

Dois homens condenados a 11 anos de prisão por assaltos a bancos

O Tribunal de Matosinhos condenou hoje dois homens a 11 anos de prisão por roubos em 12 bancos no Norte e Centro do país com uma pistola de plástico, levando cerca de 90 mil euros.

"Não há dúvidas de que os arguidos praticaram os crimes. O que fizeram foi muito grave e, se não os tivessem admitido, a pena seria muito pior", disse a magistrada do coletivo de juízes, durante a leitura da decisão judicial.

Os 12 assaltos aconteceram em 2015 em Viana do Castelo, Santa Maria da Feira, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Braga, Albergaria-a-Velha, Tondela, Vila Nova de Gaia e Viseu.

Nos roubos, os arguidos, de nacionalidade italiana, usaram óculos de sol, perucas, gorros, chapéus e lenços para não serem identificados e, para assustar as pessoas, uma pistola de plástico, conseguindo cerca de 90 mil euros.

Os assaltantes foram detidos a 8 de setembro de 2015, data desde a qual estão em prisão preventiva, num acesso à A1, depois de um roubo a uma dependência bancária de Viseu.

Os homens, de 36 e 55 anos, confessaram integralmente os roubos, justificando-os com dificuldades financeiras, nomeadamente com dívidas ao Estado.

A juíza realçou que assaltar bancos em Portugal é um "crime grave", algo desvalorizado pelos arguidos aquando da sua confissão.

"Em Portugal há uma crise económica e social e, mau era, se para pagar as suas dívidas as pessoas andassem todas a roubar bancos", considerou.

A presidente do coletivo de juízes lembrou que os assaltantes agiram em "coautoria, de forma organizada e metódica, não hesitando em usar uma arma, embora de plástico, para intimidar os clientes e funcionários dos bancos".

E realçou: "agiram sabendo muito bem o que estavam a fazer".

À saída do tribunal, o advogado de um dos arguidos afirmou que vai estudar o acórdão e, depois, decidir se recorre.

"Era uma decisão expectável e razoável", sustentou Gil Balsemão.


Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.