sicnot

Perfil

País

"É sempre bom ouvir e informar-me"

"É sempre bom ouvir e informar-me"

Numa reação à reunião com o Movimento Defesa da Escola Ponto, o Presidente da República disse que é sempre bom ouvir e informar-se. Nada mais adiantou.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, evitou esta madrugada, em Ílhavo, falar sobre o encontro que teve com o movimento "Defesa da Escola Ponto".

O movimento entregou na tarde de quinta-feira a Marcelo Rebelo de Sousa um parecer do constitucionalista Vieira de Andrade, que aponta a ilegalidade da decisão do Ministério da Educação de reduzir no próximo ano letivo o número de turmas de início de ciclo - 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade - com contrato de associação.

Instado a falar sobre o encontro, o Presidente da República limitou-se a dizer: "É sempre bom ouvir e informar-me".

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas em declarações à margem da inauguração do Museu da Vista Alegre, em Ílhavo.

Antes da cerimónia, o Chefe de Estado participou numa missa presidida pelo arcebispo primaz de Braga, Jorge Ortiga, concelebrada pelo bispo de Aveiro, António Ramos, na renovada Capela da Vista Alegre.

No seu discurso, Marcelo Rebelo de Sousa aproveitou a homilia que ouviu na celebração eucarística e falou sobre os "grandes desafios do presente e do futuro próximo de Portugal", dizendo que é preciso "conjugar o pão material com o pão espiritual".

"O pão material, criando riqueza com rigor, com bom senso, com os pés assentes na terra, mas criando riqueza e emprego. E, ao mesmo tempo o pão espiritual, a atenção às coisas do espírito, à cultura, e a Vista Alegre é a conjugação disso mesmo", afirmou.

O Presidente da República realçou ainda a originalidade da inauguração de um museu à noite, referindo-se à sua assumida vocação de noctívago.

Ao longo da visita, Marcelo Rebelo de Sousa esteve sempre acompanhado por uma multidão de pessoas, apesar do adiantado da hora.

Faltavam poucos minutos para as 01:00, quando o Presidente da República visitou uma oficina de pintura manual, onde se encontravam vários funcionários a trabalhar, e cumprimentou-os um a um, pedindo desculpa e assumindo a responsabilidade por se encontrarem ali àquela hora.

Antes da inauguração do Museu da Vista Alegre, o Chefe de Estado sentou-se à mesa com algumas crianças que estavam a aprender a trabalhar com barro e assistiu ao ensaio de uma peça de teatro no renovado Teatro da Vista Alegre.

O programa terminou com fogo-de-artifício na ria cerca das 01:00.

Lusa

  • PR recebeu pais e diretores das escolas privadas
    2:08

    País

    O Presidente da República recebeu, ontem em Belém, pais e diretores que defendem o financiamento estatal dos colégios privados. Os representantes do movimento Defesa da Escola Ponto dizem que Marcelo vai debater o assunto no encontro semanal que terá hoje com António Costa.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.