sicnot

Perfil

País

Execução do Programa Nacional de Reformas abre hoje debate quinzenal

O primeiro-ministro, António Costa, abre hoje o debate quinzenal, no parlamento, sendo a execução do Programa Nacional de Reformas o tema escolhido pelo Governo, numa semana marcada pelas 35 horas de trabalho e a greve dos estivadores.

TIAGO PETINGA/LUSA

A execução do Programa Nacional de Reforma - que envolve até 2020 um conjunto de investimentos na ordem dos 25 mil milhões de euros, a maioria desta verba proveniente de fundos comunitários e 6,7 mil milhões de euros de comparticipação nacional -- foi o tema escolhido pelo executivo para o debate quinzenal de hoje.

A abertura é da responsabilidade do primeiro-ministro, António Costa, num debate quinzenal em que a primeira intervenção partidária virá da bancada parlamentar do PSD e a última da bancada do PS.

O Programa Nacional de Reformas foi desenhado pelo Governo e discutido no final de abril no parlamento, tendo depois sido enviado para Bruxelas juntamente com o Programa de Estabilidade.

A reposição das 35 horas semanais de trabalho na função pública é um dos dossiês que tem marcado a atualidade política, com os partidos da esquerda a manter a exigência que a reposição entre em vigor a 01 de julho.

A votação na especialidade do diploma das 35 horas, prevista para quarta-feira, foi adiada por uma semana, a pedido do PS, por considerar que o texto ainda pode ser "afinado".

Também a greve dos estivadores do Porto de Lisboa, que levou os operadores daquela estrutura portuária a avançar com um despedimento coletivo por redução da atividade, é outro dos assuntos que tem estado no centro da discussão política nos últimos dias.

Os contratos de associação permanecem na ordem do dia, depois de na semana passada o Governo ter divulgado a lista dos colégios que vão ficar impedidos de abrir novas turmas, tendo sido este um dos temas que já marcou o último debate quinzenal, a 13 de maio, no qual o primeiro-ministro acusou o PSD de enganar as pessoas sobre esta matéria.

O último debate com a presença de António Costa também ficou marcado pelo regresso do líder do PSD, Passos Coelho, às intervenções pelos sociais-democratas, que voltou aos temas económicos e anteviu um mau resultado neste setor este ano, considerando que, sem uma correção da trajetória do Governo, nem o défice nem a dívida previstos pelo executivo serão objetivos alcançáveis.

  • Os diferentes balanços dos seis meses de Governo
    1:47

    País

    À direita e à esquerda, há diferentes balanços sobre os 6 meses de Governo chefiado por António Costa. Numa mensagem pública, o Primeiro ministro diz que o Governo tem visão estratégica, centrada na qualificação, na modernização do Estado e na erradicação da pobreza.

  • Os seis meses do Governo de António Costa
    1:51

    País

    Depois de seis meses é altura de relembrar os momentos deste Governo, tanto os bons como os maus: o fim Dos exames de 4º e 6º ano, o desaparecimento da sobretaxa do IRS de forma progressiva, o aumento o imposto sobre combustíveis, o corte no financiamento aos colégios privados e a saída do ministro da Cultura.

  • Costa convicto de "processo tranquilo de consolidação orçamental", sem planos B
    0:46

    País

    À saída do encontro com o Presidente da República em Évora, o primeiro-ministro falou aos jornalistas sobre a aprovação do plano de estabilidade e do plano nacional de reformas. Para António Costa, a consolidação far-se-á sem o conjunto de medidas que marcaram a austeridade nos últimos anos. O primeiro-ministro acredita que mais importante que o plano de estabilidade é o plano nacional de reformas porque permitirá enfrentar os problemas estruturais do país.

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.