sicnot

Perfil

País

Autoridades fazem buscas no rio Minho à procura de músico espanhol desaparecido

As autoridades portuguesas e espanholas estão a realizar buscas no rio Minho à procura de um espanhol, de 35 anos, elemento de uma banda que atuou na sexta-feira à noite nas festas de Torre de Lapela, em Monção.

Arquivo

Arquivo

Em declarações à Lusa, o capitão do Porto de Caminha, Gonzalez dos Paços, explicou que o músico espanhol foi dado como desaparecido na noite de sábado, e esta manhã iniciaram-se buscas no rio Minho.

Segundo o responsável, um pescador encontrou nas margens do rio Minho, junto ao parque das merendas de Lapela, uma boquilha do instrumento de sopro que o músico espanhol tocava.

Entretanto, foram também encontradas as chaves do carro do músico nas margens deste curso de água.

"Já pedimos o reforço de mais mergulhadores, que se vão juntar à equipa de dois que desde manhã estão nas buscas", acrescentou à Lusa o capião Gonzalez dos Paços.

A banda espanhola atuou na sexta-feira nas comemorações do dia do concelho de Monção, que este ano foi assinalado com a inauguração do núcleo museológico da Torre de Lapela, um dos mais importantes monumentos do concelho.

A Torre de Lapela foi alvo de obras de conservação e requalificação no valor de 70 mil euros, comparticipadas por fundos comunitários.

Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.