sicnot

Perfil

País

Governo garante que questão dos contratos de associação é assunto encerrado

Governo garante que questão dos contratos de associação é assunto encerrado

O Governo diz que os cortes nos colégios privado avançam mesmo. A secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão, avisou esta manhã que é um assunto encerrado.

  • "Cortar de repente e sem aviso prévio é uma violência"
    24:44

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes comenta a atualidade nacional. O comentador diz que as escolas públicas e os colégios privados são duas realidades necessárias para o país. Para Luís Marques Mendes o corte feito pelo Governo e sem aviso prévio "é uma violência". Sobre as relação entre o Governo e o Presidente, Marques Mendes diz que já se nota um distanciamento entre as duas partes. O comentador falou ainda sobre as eventuais sanções que podem vir a ser impostas a Portugal. Na sua opinião o ministro das Finanças da Alemanha não tem razões para pedir sanções quando o défice português derrapa apenas duas décimas.

  • Igreja toma posição na guerra entre o Governo e os colégios privados
    3:06

    País

    A guerra entre o ministério da Educação e os colégios continua com novos episódios e com um novo protagonista. A Igreja Católica apoia o protesto dos privados. Entretanto a Procuradoria Geral da República deu razão ao Governo no que toca à proibição de algumas escolas abrirem turmas de início de ciclo. Por outro lado, as escolas privadas alegam que um texto produzido pelo Tribunal de Contas diz que os contratos com o sector privado não dependem da existência de oferta pública. O Tribunal já veio entretanto esclarecer o equívoco.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite