sicnot

Perfil

País

Governo quer abrir mais uma Loja do Cidadão em Lisboa

O Governo afirmou hoje no parlamento que pretende abrir mais uma Loja do Cidadão em Lisboa, que não será na Praça dos Restauradores, acrescentando que "o processo está muito bem encaminhado".

A secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, que esteve hoje a ser ouvida na comissão parlamentar dos Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, anunciou aos deputados que "é uma prioridade do Governo reabrir uma Loja do Cidadão em Lisboa".

"Lisboa deve ser provavelmente a cidade do país com uma qualidade de atendimento mais degradada", afirmou Graça Fonseca, argumentando que o encerramento da Loja do Cidadão da Praça dos Restauradores, a 30 de dezembro de 2013, gerou "uma afluência enorme" à loja das Laranjeiras, que "não foi devidamente acautelada" pelo anterior governo.

"Posso dizer, para já, que o processo está muito bem encaminhado no sentido de virmos a abrir esta loja numa zona muito central em Lisboa, numa parceria com o município, onde estarão os serviços âncora", disse Graça Fonseca aos deputados, respondendo a uma questão colocada pelo Bloco de Esquerda.

Em declarações à Lusa à margem da audição, a secretária de Estado esclareceu que esta nova Loja do Cidadão não será localizada na Praça dos Restauradores, sem no entanto identificar o local onde será aberta, remetendo mais informações para mais tarde.

Atualmente, funcionam em Lisboa duas Lojas do Cidadão: uma nas Laranjeiras e outra em Marvila. A Loja do Cidadão dos Restauradores foi encerrada no final de 2013, não tendo sido aberta nenhuma em substituição.

Lusa

  • Costa reafirma que entendimentos com BE e PCP são positivos
    0:34
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57