sicnot

Perfil

País

Espião português vai ser extraditado de Itália

O espião português apanhado em Roma a vender segredos da NATO aos russos vai ser extraditado no fim de semana. O Expresso avança que Frederico Carvalhão Gil deverá mesmo ser interrogado em Lisboa na próxima segunda-feira.

O Tribunal da Relação de Roma já deu luz verde ao processo de extradição para Portugal.

O agente secreto de 57 anos, que trabalhava para o Serviço de Informações de Segurança há quase 30 anos, foi apanhado em flagrante a vender informações secretas da NATO a um espião russo.

Os dois foram detidos no decurso de uma operação inédita, montada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal com o apoio das autoridades italianas.

  • Detenção de espião é motivo de humor nas redes sociais

    País

    A notícia do espião português preso em Itália a tentar passar documentação confidencial a um agente dos serviços secretos russos está a dar que falar nas redes socias. Alguns internautas aproveitaram-se do assunto para fazer humor. No twitter surgiu a hashtag #osrussosqueriamsaber e a partir daí surgiram uma série de frases.

  • Espião português detido em Itália vendia documentos a agente do antigo KGB
    2:13

    País

    Um inspetor do Serviço de Informações de Segurança foi detido por vender documentos classificados a um agente dos serviços secretos russos. A detenção ocorreu em Itália e foi feita em conjunto pela Polícia Judiciária e a polícia italiana. O espião é suspeito dos crimes de violação de segredo de estado, espionagem e corrupção. O agente dos serviços secretos russos também foi detido pelas autoridades. A PJ seguia Frederico Carvalhão Gil há vários meses e sabe-se que era um dos funcionários mais antigos do SIS.

  • Espião português apanhado a vender segredos à Rússia
    1:22

    País

    Um inspector do SIS foi detido em flagrante, em Itália, quando vendia documentos classificados a um agente dos serviços secretos russos. A Polícia Judiciária e o Ministério Público contaram com a colaboração da polícia italiana. O inspetor é um dos mais antigos funcionários do SIS e analista de documentos com acessos privilegiados. Esta operação conhecida por "Top Secret" surgiu de uma denúncia do secretário-geral das secretas.

  • Histórias de espionagem dos últimos anos
    2:34

    Mundo

    As histórias de espiões e de espionagem são regularmente notícia e não envolvem apenas a Rússia e os Estados Unidos.Também há espiões portugueses, sem ser o agente do SIS recentemente descoberto. A SIC recorda quatro estórias de espionagem que deram que falar nos últimos anos. Uma das mais conhecidas é a de Sabrina Sousa, operacional da CIA, detida no ano passado.

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.