sicnot

Perfil

País

Homem que tentou matar uma mulher com motosserra na Madeira vai a julgamento

O Ministério Público requereu o julgamento de um homem que, em novembro de 2015, tentou mantar a tia da ex-namorada com uma motosserra na freguesia do Campanário, concelho da Ribeira Brava, na Madeira, pelo crime de homicídio qualificado tentado.

© Darren Staples / Reuters

A decisão relacionada com este caso, que ficou "referenciado na comunicação social como 'crime da motosserra'", foi hoje divulgada na página da internet da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

"No essencial está indiciado que o arguido, que atuou movido de ódio contra a vítima, tia da sua ex-companheira e a quem responsabilizava pelo terminar da relação, procurou aquela e perseguiu-a, munido com uma motosserra elétrica ligada, golpeou-a, repetidamente, em várias partes do corpo com o intuito de a matar", pode ler-se na mesma informação.

Segundo a PGDL, "o resultado pretendido pelo arguido só não ocorreu porque uma das pessoas que estavam presentes no local lhe atirou pedras, uma das quais atingiu a motosserra e fez saltar uma das suas peças, encravando-a".

A vítima esteve internada na Unidade de Cuidados Intensivos do hospital do Funchal, tendo sobrevivido.

O arguido, com 19 anos, foi detido pelas autoridades policiais, aguardando o desenrolar do processo em prisão preventiva.

A investigação foi dirigida pelo Ministério Público da Ponta do Sol, na zona oeste da ilha da Madeira, com a coadjuvação da PJ do Funchal.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.