sicnot

Perfil

País

Santos Silva considera natural que NATO reveja mecanismos de segurança

Santos Silva considera natural que NATO reveja mecanismos de segurança

O ministro dos Negócios Estrangeiros considerou hoje natural que a NATO reveja os mecanismos de segurança. Tal como está a fazer Portugal, na sequência da detenção de um funcionário dos Serviços Secretos portugueses, que pode ter tido acesso a documentos classificados como confidenciais. Santos Silva diz que a investigação policial e judicial contou com a colaboração do Serviço de Informações de Segurança.

  • José Milhazes traça perfil do inspetor do SIS detido
    3:53

    Mundo

    Um inspetor do SIS foi detido, em flagrante, enquanto vendia documentos a um agente dos serviços secretos russos. Frederico Carvalhão Gil é um dos mais antigos funcionários do SIS e analista de documentos com acessos privilegiados. José Milhazes, comentador da SIC, traça um perfil do inspetor e diz que o interesse na compra desses documentos pode estar relacionado com o facto de Portugal pertencer à NATO e à União Europeia, que atualmente é "um dos adversários da Rússia".

  • Espião português detido em Itália vendia documentos a agente do antigo KGB
    2:13

    País

    Um inspetor do Serviço de Informações de Segurança foi detido por vender documentos classificados a um agente dos serviços secretos russos. A detenção ocorreu em Itália e foi feita em conjunto pela Polícia Judiciária e a polícia italiana. O espião é suspeito dos crimes de violação de segredo de estado, espionagem e corrupção. O agente dos serviços secretos russos também foi detido pelas autoridades. A PJ seguia Frederico Carvalhão Gil há vários meses e sabe-se que era um dos funcionários mais antigos do SIS.

  • Histórias de espionagem dos últimos anos
    2:34

    Mundo

    As histórias de espiões e de espionagem são regularmente notícia e não envolvem apenas a Rússia e os Estados Unidos.Também há espiões portugueses, sem ser o agente do SIS recentemente descoberto. A SIC recorda quatro estórias de espionagem que deram que falar nos últimos anos. Uma das mais conhecidas é a de Sabrina Sousa, operacional da CIA, detida no ano passado.

  • Espião português apanhado a vender segredos à Rússia
    1:22

    País

    Um inspector do SIS foi detido em flagrante, em Itália, quando vendia documentos classificados a um agente dos serviços secretos russos. A Polícia Judiciária e o Ministério Público contaram com a colaboração da polícia italiana. O inspetor é um dos mais antigos funcionários do SIS e analista de documentos com acessos privilegiados. Esta operação conhecida por "Top Secret" surgiu de uma denúncia do secretário-geral das secretas.

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • Pyongyang acusa Washington de atirar "achas para a fogueira"
    1:47

    Mundo

    A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos. As manobras militares procuram ensaiar respostas a uma hipotética invasão da Coreia do Norte. Pyongyang já reagiu e diz que Washington está a atirar "achas para a fogueira". 

  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.