sicnot

Perfil

País

Assembleia da República chumba fim de menores nas touradas

A maioria do parlamento rejeitou hoje três projetos de lei de BE, PEV e PAN para limitar a participação em touradas e eventos do género a maiores de idade, com a bancada do PS a ter liberdade de voto.

A iniciativa de "Os Verdes", que impunha a escolaridade obrigatória a artistas tauromáquicos e seus auxiliares, teve votos contra de PS, PCP, PSD e CDS-PP, além da abstenção de 12 socialistas: Sónia Fertuzinhos, Susana Amador, António Sales, Alexandre Quintanilha, Paulo Trigo Pereira, Neto Brandão, Joana Lima, Vitalino Canas Elza Pais, Edite Estrela, António Cardoso e Carla Sousa.

Por seu turno, outros 10 deputados do PS votaram a favor, juntamente com PEV, BE e PAN: Pedro Delgado Alves, Rosa Albernaz, João Torres, Isabel Santos, Tiago Barbosa Ribeiro, Ivan Gonçalves, Luís Graça, Luís Soares, Fernando Jesus e Diogo Leão.

Os projetos de lei de BE e PAN, ambos impedindo a participação de menores em atividades tauromáquicas, mereceram também o chumbo por parte de PS, PCP, PSD e CDS-PP.

BE, PAN, PEV e 11 tribunos socialistas votaram a favor (Pedro Delgado Alves, Rosa Albernaz, João Torres, Isabel Santos, Tiago Barbosa Ribeiro, Ivan Gonçalves, Luís Graça, Luís Soares, Fernando Jesus, Carla Sousa e Diogo Leão).

Outros 10 deputados do PS abstiveram-se: Sónia Fertuzinhos, Susana Amador, António Sales, Alexandre Quintanilha, Paulo Trigo Pereira, Neto Brandão, Joana Lima, Vitalino Canas Elza Pais, Edite Estrela, António Cardoso.

O socialista Eurico Brilhante Dias absteve-se face ao texto do PAN e votou contra o do BE, o qual incluía a proibição de atividade em Portugal de matadores de touros estrangeiros.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.