sicnot

Perfil

País

António Guterres admitiu ter saudades de voltar a um congresso do PS

XXI CONGRESSO DO PS

António Guterres admitiu ter saudades de voltar a um congresso do PS

António Guterres admitiu ter saudades de voltar a um congresso do PS. Na curta declaração que fez esta tarde, o antigo primeiro-ministro socialista desejou sucesso ao partido e a António Costa. Foi saudado de pé e com palmas ao chegar chegar ao congresso ao som de Vangelis, o hino das suas campanhas eleitorais para primeiro-ministro.

"Durante largo número de anos as funções que desempenhei nas Nações Unidas não me permitiam estar convosco e corro o risco, se as coisas me correrem bem, de o mesmo vir a suceder no futuro", disse António Guterres aos delegados, que não comparecia num Congresso socialista desde 2000.

"Não podem imaginar as saudades que tinha de aqui estar", disse o antigo primeiro-ministro e ex-alto comissário das Nações Unidas para os refugiados numas breves palavras que dirigiu ao Congresso no qual voltou a ser fortemente aplaudido.

António Guterres, que atualmente é candidato a secretário-geral das Nações Unidas, despediu-se dizendo que apenas pretende "manifestar solidariedade neste momento fundamental para a vida do partido e desejar os maiores êxitos nos anos que se aproximam".

A entrada de Guterres no palco foi anunciada pelo presidente do partido, Carlos César, que disse ser "com grande alegria e grande emoção" que fazia o anúncio.

António Guterres entrou então no palco com a secretária-geral adjunta Ana Catarina Mendes e pelo líder António Costa ao som de Vangelis, o hino das campanhas do antigo primeiro-ministro.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.