sicnot

Perfil

País

BE reuniu-se com FENPROF com manifestação pela escola pública à vista

O Bloco de Esquerda (BE) esteve hoje reunido com a Federação Nacional dos Professores (FENPROF), numa altura de preparação da manifestação em defesa da escola pública agendada para dia 18 deste mês em Lisboa.

(Arquivo)

(Arquivo)

"A manifestação não é uma manifestação só de professores, estudantes. É um grande apelo do país sobre a necessidade de investimento na escola pública. É a forma que o país tem de dizer que há um consenso nacional sobre a escola pública", vincou a deputada do Bloco Joana Mortágua, em declarações aos jornalistas no final do encontro.

Do lado da FENPROF, o secretário-geral, Mário Nogueira, sublinhou que o encontro com o BE seguiu-se ao congresso da federação, tido no mês passado, e os aspetos "fundamentais e mais problemáticos" no setor da Educação foram abordados na reunião.

"O dia 18 de junho vai ser um dia de grande afirmação da escola pública", acredita o representante da FENPROF.

Horas antes, o PS havia emitido um comunicado para apelar à participação na "Marcha em defesa da escola pública", que decorre deste sábado a oito dias.

O comunicado é assinado pela secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, pelo líder da JS, João Torres, pela presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas, Elza Pais, assim como pelos deputados da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, entre os quais figura Alexandre Quintanilha.

Esta manifestação acontece após o Governo ter procedido a uma revisão dos contratos de associação entre o Estado e os ensinos privado e cooperativo, o que gerou fortes protestos por parte de professores, alunos, pais de estudantes e responsáveis desses setores afetados.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.