sicnot

Perfil

País

Suspeito de aliciar adolescentes no Facebook em prisão preventiva

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje a detenção de um homem, de 20 anos, suspeito de aliciar rapazes na rede social Facebook para conseguir fotos ou vídeos das vítimas em atos sexuais explícitos.

© Rick Wilking / Reuters

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que a investigação surgiu na sequência da denúncia do aliciamento de um menor residente na região de Aveiro, que conheceu o suspeito na rede social Facebook.

Em comunicado a PJ refere que o homem, que está "fortemente" indiciado pela prática do crime de pornografia de menores, foi detido no cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público de Águeda.

Segundo a PJ, o suspeito tem formação académica na área da programação informática, mas não desenvolve qualquer atividade profissional nessa área, trabalhando como fotógrafo "freelancer" em eventos sociais.

"Dos indícios recolhidos pela investigação até ao momento resulta que o suspeito usava a rede social Facebook para conhecer jovens adolescentes do sexo masculino, que depois aliciava a filmarem-se ou a fotografarem-se em atos sexuais explícitos e a enviar-lhe esses ficheiros multimédia através de plataformas de comunicação na Internet", refere a PJ.

Na sequência de buscas à casa do suspeito, nos arredores de Coimbra, os inspetores apreenderam um computador portátil e um telemóvel contendo múltiplos ficheiros de pornografia de menores.

A PJ adianta ainda que a investigação vai prosseguir no sentido de determinar a extensão da atividade delituosa do suspeito, designadamente tendo em vista apurar a existência de outras vítimas para além das já identificadas, bem como averiguar se os ficheiros de pornografia de menores também se destinavam à partilha na Internet.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.