sicnot

Perfil

País

Marcelo diz que Portugal e França têm a mesma visão europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que Portugal e França têm a mesma visão europeia em várias áreas e que conta com o apoio de François Hollande nas questões económicas.

MIGUEL A. LOPES

"França tem uma grande comunidade portuguesa. Paris é como uma segunda capital de Portugal. Temos uma visão europeia sobre estado social, crescimento, emprego e refugiados e também temos a mesma visão sobre o papel da Europa. Portugal conta com o apoio da França para a ajudar Portugal nas questões económicas", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, numa declaração proferida no Palácio do Eliseu, em francês, após um encontro com o seu homólogo, François Hollande.

A candidatura de António Guterres a secretário-geral da ONU, a segurança e o terrorismo, o futuro da zona euro e as relações bilaterais em Portugal e França foram os temas discutidos numa reunião que durou cerca de 30 minutos.

Ficou acordado também que François Hollande irá visitar Portugal em julho, depois do dia 14, que é o Dia Nacional de França.

Marcelo chegou ao Palácio do Eliseu às 17:50 (16:50 horas de Lisboa) no mesmo carro que o primeiro-ministro, António Costa. Depois da parada da guarda de honra, François Hollande recebeu os governantes portugueses junto às escadas que dão acesso à residência oficial do presidente francês.

Na comitiva portuguesa estava também o ministro da Defesa, José Alberto Azeredo Lopes, o secretário de Estados das comunidades, José Luís Carneiro, e o embaixador francês em Paris, José Filipe Moraes Cabral.

O encontro entre Marcelo e Hollande fez parte do programa das comemorações do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses, dividindo-se este ano, e de forma inédita, entre Lisboa e Paris.

Lusa

  • Presidente da República elogia o povo português
    2:22

    País

    Na estreia no 10 de Junho como Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o povo português. Lembrou que foi sempre o povo a lutar por Portugal mesmo quando as elites falharam.Um discurso otimista em relação ao futuro a marcar a primeira parte de uma cerimónia inédita. Por esta altura o Presidente está a caminho de Paris depois de ter escolhido o Terreiro do Paço para a componente militar das celebrações do dia de Portugal.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.